20 fevereiro 2012

Uma Pausa... Para Arrumações...

Queridas/os amigas/os, inimigas/os, isentas/os, o que for, vou fazer uma breve pausa. Vou ali arrumar uns assuntos e já volto! Voltarei com tempo para vos retribuir toda a atenção que me têm dado. Vocês são fantásticas/os pá!!!

17 fevereiro 2012

Bolo de Chocolate com Beterraba

Os portugueses andam sisudos. Andei a observa-los no caminho para o trabalho. Ninguém sorri, ninguém mete conversa, ninguém diz uma graçola... Ora, a nossa vida não muda por estarmos de costas voltadas com a boa disposição. Nada muda. A conta no banco não aumenta, o euromilhões não nos vai sair, os móveis novos não vão ter à nossa casa, nem o carro topo de gama, nem a casa com piscina. Se por outro lado, mantivermos uma postura optimista, e rirmos dos pormenores, o nosso dia pode mudar. Há pequenas coisas que nos animam, ainda outro dia a minha sobrinha de 11 anos atendeu-me o telefone e disse: Atão gaja! Isto poderia não ter graça, mas visto que eu é que a trato assim, tem uma certa piada, a miúda lá me fez rir. Depois o meu filho chegou da escola e disse-me todo intelectual (sai ao pai) que o Cristiano Ronaldo jogava no Real Madrinho, ora tem piada, madrinho é giro, e ainda terminou com um: Quando crescer já não quero ser agente secreto do espaço, quero ser paleontologo. Esta arrumou comigo! Uma mãe não aguenta isto. E a cereja em cima do bolo, foi ver o meu mais-que-tudo vestir uma camisola que tinha encolhido assim ao ponto de me servir a mim. Como estavámos amuados tive de me esconder para rir que nem uma parva e pensei, como sempre penso, quando lhe encolho a roupa: Ups, cresceste outra vez! E assim terminei o dia, com algumas graçolas que me fizeram bem à alma. Amanhã é outro e conto sempre com pormenores assim para me animar.  Bjs a todas/os.

Ingredientes:
- 200 g de farinha de trigo com fermento
- 200 g de chocolate em pó
- 150 g de açúcar
- 125 g de manteiga (derretida e arrefecida)
- 3 ovos (à temperatura ambiente)
- 3 beterrabas (cozidas e reduzidas a puré)

Preparação:
Para descomplicar todas as regras que já aprendi sobre fazer bolos, juntei todos os ingredientes sem ordem específica, bati com a batedeira muito bem e coloquei numa forma já untada com manteiga e polvilhada com farinha. Foi ao forno pré-aquecido a 180º aproximadamente 30/40 minutos. Polvilhei com açúcar em pó. Porque descomplicar também é bom. Correu bem? Correu sim senhora!

14 fevereiro 2012

Bruschetta de Mozzarella, Courgette, Canónigos e Peito de Frango

Sempre fui uma pessoa impulsiva, e na sequência disso, nunca precisei de pensar em ter um "Plano B". Mas depois ganhamos juízo e já não somos capazes de agir por impulso e seguirmos os nossos instintos. Para outra pessoa comum, isto poderia ser uma coisa boa, mas para mim é exactamente o contrário. Claro que na cozinha não há quem me bata em "Plano B", impulsividade ou instinto. Quantas vezes faço um refogado ou ponho uma panela de água a ferver e decido no último minuto o que cozinhar. Um dia destes morria de saudades de uma bruschetta, daquelas que eu teimo em comer delicadamente de faca e garfo, como se de uma iguaria se tratasse. Accionei o "Plano B". Emergência na cozinha, pois não havia pão à altura nem ingredientes com sabores mais acentuados. Pouco me importei, ou eu não fosse quem sou. Comi uma bruschetta de sabor sensível condizendo com um dia insípido, mas comi chique, muito chique.
Agora vou ali pensar num "Plano S" para mim, porque "Plano B" soa-me a buraco, burra, beterraba? E o "Plano S" ao meu jeito, soa-me a saída de emergência, sol, sensacional, supremo! Bjs a todas/os e obrigada pelos vossos mimos.

Ingredientes para 4 bruschettas:
- 2 carcaças de mistura
- 1 bola de mozzarella
- 1 courgette
- 1 mão cheia de canónigos
- 4 fatias de peito de frango (de compra e já fatiado)
- 1 alho
- algumas gotas de sumo de limão
- orégãos
- azeite
- sal
- pimenta

Preparação:
Pincelar as fatias de pão com azeite e  polvilhar com orégãos. Colocar no forno pré-aquecido a 150º até alourar. Esfregar com o alho ainda quentes ou picar o alho e barrar no pão. Colocar a mozzarella às fatias, a courgette cortada às fatias no sentido longitudinal, que foi préviamente temperada com sal, pimenta e sumo de limão e grelhada,  os canónigos (crús) e as fatias de peito de frango cortadas às tirinhas e ligeiramente grelhadas. Polvilhar com orégãos e terminar com um fio de azeite. Bom Apetite!

04 fevereiro 2012

Risotto de Agrião e o Karma

Dizem que o karma não existe... Alterei a receita anterior e o karma brindou-me no dia dos meus anos com o meu filhote doente. Mas eu sou rebelde e a idade não me vai alterar isso. A festa é no próximo sábado! Porque se eu me apetecer mudar o dia dos meus anos, mudo!
Quando me perguntam que idade tenho, eu costumo responder: "Tenho mais coisa, menos coisa"... Mas parece que ainda não tenho idade suficiente para me levarem a sério. Ora que vejam, o meu pai outro dia chamou-me de caganita e outra pessoa disse-me: "Ah e tal és uma miúda gira, engraçada e tal, dizes umas piadolas e tal, mas és imatura". Pois bem, respeito a verdade de cada um. E quem lida comigo de perto sabe que a verdade desarma-me, seja ela qual for. Seja a própria verdade de cada um.
Tenho mais coisa menos coisa, mas já tenho idade suficiente para perceber que quem me ama, ama-me toda uma vida. As minhas amigas de longa data, podem falar por mim. Eu contrario sim as regras e fiz da minha sogra uma grande amiga e confidente, do meu pai, o melhor colega de trabalho com quem partilho as incertezas do futuro, e ainda outro dia fui eu que fui ter com o meu filho e troquei-lhe as voltas perguntando-lhe: "Hoje posso dormir contigo? Contas-me uma história?" Ele ficou tão feliz que me contou três e ainda me deixou dormir com o peluche dele. Este puto saiu de mim! Queriam o quê?
Obrigada família, amigas reais e as virtuais também, pois vocês mimam-me como ninguém!

Ingredientes para 2 pessoas:
- 200g de arroz arbóreo
- 50 g de agrião
- 1 cebola
- 1 dente de alho
- 1 lt de caldo de galinha
- 100 ml vinho branco
- azeite q.b.
- sal q.b
- 1 colher de sopa de manteiga
- queijo ralado q.b.

Preparação:
Refoga-se a cebola com o azeite até ficar transparente. Junta-se o arroz e mexe-se durante 1 minuto. Junta-se o alho picado, o vinho e mexe-se até que este evapore. A partir deste momento ir acrescentando água quente aos poucos, até o arroz estar cozido e mexendo sempre. A meio da cozedura coloca-se o agrião. Se não for necessário, não utilizar a água toda, mas apenas até o arroz estar cozido. Depois do lume apagado acrescenta-se a manteiga e queijo ralado a gosto.  Acompanhei com salmão grelhado.

Printfriendly

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...