28 agosto 2013

Gelado De Amoras Silvestres

Ainda ontem estava a viver um dia de pânico e hoje um dia novo a saborear, fez-me esquecer o dia passado. É verdade, eu estou sempre à hora certa no sítio errado ou à hora errada no sítio certo. O que é certo mesmo, é que ontem "salvei" o prédio onde vivo de ir pelos ares, por ter sido a primeira a detetar e a tomar uma atitude, em vez de correr aos gritos e fugir para bem longe e só voltar quando tudo estiver calmo. É preciso sangue frio, raciocinar e agir calmamente. Tudo o que eu não tenho... Agarrei o touro pelos cornos numa mão, na outra o "piolho encardido" e avisei o "mais-que-tudo", pois que ainda sou muito nova para ser viúva e ele ainda não pintou tudo lá em casa, nem levou o meu carro para a oficina, para sair de casa imediatamente e trazer uma fatura de gás, para que eu pudesse ver o número de emergência, sim eu sei, poderia apenas ter ligado para o 112. Abri as portas para dissipar o gás, mandei o puto para a rua de cima e avisei todos os vizinhos do perigo. Escusado será dizer que poucos me ajudaram. A sorte foi que o único vizinho que se preocupou além de mim e do "mais-que-tudo", que por coincidência é técnico de gás resolveu o problema antes do piquete de emergência que só veio duas horas depois. Um parafuso desapertado num cano. Enfim, tudo está bem, quando acaba bem. Para me recompor, lambuzei-me de gelado de amoras silvestres apanhadas pelo "mais-que-tudo" e algumas mesmo só algumas  apanhadas por mim. Se vale a pena fazer gelado quando eles estão nos supermercados a menos de 2 euros? Cada um sabe de si...

Ingredientes:
- 250g de amoras silvestres
- 200ml de natas batidas
- 150g de açúcar (usei amarelo)
- 4 claras em castelo

Preparação:
Colocar as amoras* no liquidificador juntamente com o açúcar, umas gotas de água e deixar a macerar uns minutos. Triturar e passar por um passador para retirar as sementes. 
Bater as natas geladas até ficarem bem firmes. Adicionar a polpa das amoras e voltar a bater. Bater as claras em castelo e envolver como uma colher aos poucos no preparado anterior e sem bater com a colher no recipiente para as bolhas de ar não desaparecerem. Levar ao congelador. No outro dia está pronto a comer. Lambuzem-se também! Merecemos!

* Guardar algumas amoras inteiras e um pouco da polpa para enfeitar, se assim o desejarem.

13 comentários:

  1. Mais logo uma tacinha igual a esta é que era!
    Ficou com uma cor linda.
    Bjs

    ResponderEliminar
  2. ADORO amoras!!! Adorei o gelado vou fazer ;)
    beijinho

    ResponderEliminar
  3. Ai Mulher ... até estou aqui sem ar só de pensar ... Bom, verdade seja dita que temos mesmo de ter sangue frio em determinadas situações , felizmente tudo está bem!
    Agora é claro que vale a pena!!! Eu não me esgadanhei toda mais a minha irmã ? tenho os meus pezinhos todos arranhados ( sim porque aqui a je lembrou-se das calças , que a propósito estão com um rasgão, mas foi de chinelito apanhar amoras), vele a pena? Claro! O sabor do que é feito por nós e apanhado por nós nem se compara :)
    beijos grandes ;)

    Adorei essa tacinha! Guarda uma para mim! :P

    ResponderEliminar
  4. Hoje estou em dia não, sei lá não dormi bem e depois dá nisto... Mas depois de saber o teu dia, realmente nós gostamos de complicar desnecessariamente a vida!
    Vale sempre a pena, comer algo feito com amor :)
    Vou experimentar ou então faço-te uma visita (aproveito e carrego as baterias da tua amizade)

    Beijao.

    ResponderEliminar
  5. Ficou com uma cor linda, deve ser delicioso!
    Bjs

    ResponderEliminar
  6. Primeiro... isso é que foi sangue frio, corajosa! segundo... vale muito pena fazer gelados mesmo comprando barato, quando faço sei o que como! adorei o teu gelado, tenho amoras congeladas vou fazer!! bjks

    ResponderEliminar
  7. Que susto, Carla! Parabéns pela sua atitude! Às vezes precisamos usar dessa coragem para resolvermos um problema.
    Ainda bem que você foi recompensada com esse delicioso gelado.
    Bj,
    Lylia

    ResponderEliminar
  8. Carla, eu tenho pânico de gás! E é por isso que optei por ter tudo elétrico lá em casa. Nem sei o que faria nessa situação!
    Agora... esse gelado está uma tentação! Cremoso e com uma cor vibrante. :)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  9. Bja a todos. O que vale é que o geladinho recompensou o susto.

    ResponderEliminar
  10. Um gelado tão simples e com um aspecto maravilhoso...adorei.
    bjs

    ResponderEliminar
  11. Que grande susto!!! Ainda bem que tudo correu pelo melhor...
    E sim, vale bem a pena fazer um geladinho caseiro, se ele ficar com esse aspecto!!! :P
    Beijinhos
    http://sudelicia.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  12. Já percebi porque os frutos silvestres são caros, metade do valor é para os custos com caixas de pensos...
    Adoro andar na floresta a colher a matéria-prima para ti !!!
    Bjs

    ResponderEliminar

Comentem e critiquem à vontade. Estou aqui para partilhar e também para aprender. Apenas não serão publicados comentários sem serem assinados e desprovidos de sentido.

Printfriendly

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...