23 novembro 2015

Crème brûlée (com baunilha)

A semana não começou bem. Nem sempre estamos preparados para as situações menos boas nesta "coisa" de sermos pais. Nem sempre tudo é perfeito, nem sempre são boas notícias e às vezes eles também adoecem e mesmo que não seja nada de grave, o nosso estado de alerta fica bem mais apurado. Ainda ontem contava ao "piolho" que quando ele nasceu não larguei a mão dele no hospital com medo que mo roubassem. E quase dez anos depois a sensação mantém-se. Acho que no fundo todos os pais sentem o mesmo. 
Sempre que se aproxima o mês de dezembro recordo esse dia e todos os momentos até trazermos o "piolho" para casa. Um misto de alegria com alguma apreensão. Mas cá estamos, eu e o "mais-que-tudo" a fazermos a melhor das equipas para tornar este grande trabalho das nossas vidas muito mais fácil.
Agora vamos à sobremesa, um crème brûlée, que é bem diferente do nosso tradicional leite-creme. O leite-creme engrossa no fogão com farinha de trigo (eu gosto de usar amido de milho) e leva leite, ao contrário do crème brûlée que leva natas, apesar de ter misturado leite para ficar menos calórico, e vai a cozer no forno em banho-maria. As texturas são bem diferentes e nada como experimentarem para verem do que falo. Eu gosto de ambas.


Ingredientes para 6 pessoas:
- 400ml de leite gordo
- 200ml de natas (35% matéria gorda)
- 1 vagem de baunilha aberta ao meio no sentido longitudinal e com as costas da faca tirar as sementes ao longo da vagem
- 120g de açúcar refinado (ou mais se gostarem mais doce)
- 6 gemas tamanho XL
- açúcar mascavado para queimar na hora de servir

Preparação:
Levar o leite, as natas, as sementes de baunilha e a vagem ao lume e deixar levantar fervura. Apagar o lume e deixar repousar uns minutos para aromatizar bem o leite.

Bater o açúcar com as gemas até ficar um creme fofo e esbranquiçado (usei uma vara de arames).

Misturar o preparado do leite às gemas mexendo sempre com a vara de arames.

Coar e dividir por 6 taças individuais. Colocar num tabuleiro e encher com água até meio das taças.

Levar ao forno pré-aquecido a 160º, aproximadamente 35 minutos, ou até que fique firme.

Deixar arrefecer e guardar no frigorífico. Na hora de servir polvilhar generosamente com açúcar mascavado e queimar com o maçarico. Bom apetite!

15 comentários:

  1. Antes de mais espero que esteja tudo bem com o "piolho". Fiquei com a sensação que algo de menos bom se passa e desejo do fundo do coração que não seja nada de grave. Quanto à sobremesa, não há palavras possíveis! Uma delícia! Até sinto o estalar da crosta de açúcar! E depois o creme sedoso por baixo... Huummm! Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada pelo teu cuidado. Não é nada de muito grave, até acrescentei uma frase mais ao texto, para não assustar ninguém. São as doenças típicas desta altura, otites e uma noite em branco para todos. Já está medicado e a recuperar. Ando tão guloso que não escapa um fim de semana sem gulosices. bjs e boa semana.

      Eliminar
    2. "gulosa" queria eu dizer.

      Eliminar
  2. Aqui está algo que nunca comi mas este está mesmo guloso, bem caramelizado, fiquei com água na boca :)
    Gulosoqb

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu sou fã. Adoro tanto o crème brûlée como o nosso leite creme. Já agora também o arroz doce e as farófias, assim está completa as minhas preferências. Quer dizer, também falta a mousse, a baba de camelo, olha é uma de cada para mim ;)

      Eliminar
  3. que aspecto delicioso!! gosto tanto e já não faço há bastante tempo.. tenho mesmo de mudar isso!
    Beijinhos,
    http://sudelicia.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Um docinho de vez em quando não faz mal nenhum ;). beijocas

      Eliminar
  4. Rápidas melhoras :)
    Com uma sobremesa assim tão apetitosa até a cura chega mais depressa, assim o espero.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Luísa! Isto com filhos volta e meia acontece, querem andar de calções em pleno novembro e depois dá nisto. bjs

      Eliminar
  5. Que óptimo aspecto. Nunca provei crème brûllé. Tem um aspecto divinal. E com sabor a baunilha mnham...
    As melhoras para o seu filho.

    Bjinhos
    Tânia Tiago
    Bimby & Sabores da Vida

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Tânia pelas melhoras e pelo elogio. É um doce muito fácil de fazer e de comer claro ;). beijinhos

      Eliminar
  6. Fantástico, um classico que no fundo não ganha ao nosso, mas sim... só porque é nosso hehe embora eu goste dos dois ... claro hehe... Esta época do Natal é de celebração serve para nos trazer luz e iluminar mesmo os dias mais cinzentos ;)

    www.therasiathecook.blogspot.com

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Há espaço para todos :), para o nosso leite-creme tão bom, e para o crème brûlée também. Arranja-se sempre alegrias mesmo nos dias mais cinzentos. bjs e obrigada pela visita.

      Eliminar
  7. Carla que o teu piolho melhore! :) Ficares alerta só prova que és uma mãe maravilhosa e fixe! :p
    Adorei o teu creme brulee! :D
    Comia agora isso tudo.
    Beijinho
    Sarinha.
    No Conforto da Minha Cozinha

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Sara, que comentário tão simpático para um dia tão cinzento. O piolho já está a melhorar, acabou de começar a ficar reguila e melhor prova não é. bjs

      Eliminar

Comentem e critiquem à vontade. Estou aqui para partilhar e também para aprender. Apenas não serão publicados comentários sem serem assinados e desprovidos de sentido.

Printfriendly

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...