04 fevereiro 2016

Salada morna de atum com maionese caseira de coentros

Hoje é o meu dia. Hoje acordei como gosto. Com mimos e sendo o centro das atenções. Eles andaram aos segredinhos durante a semana e eu a ver se descobria alguma coisa. Acho que estou a perder os meus poderes, pois não consegui sacar informações dos meus presentes, nem do que eles andavam a conspirar. Aliás, estes dois já escondem os meus presentes na arrecadação, e claro escondem a chave.
Puseram o despertador e prepararam-me o pequeno-almoço, quesadillas com ovos mexidos, torradas com manteiga, leite com café e sumo de laranja. E agora conseguir comer aquilo tudo assim que me levantei? Não foi fácil, praticamente vim a rastejar para o trabalho, mas cheia de energia.
Houve a habitual guerra das minhas duas mães (a verdadeira e a emprestada), a ver quem é a primeira a dar-me os parabéns. E escusam elas de disfarçar que eu bem sei que isso acontece. Mãe é mãe, e mãe emprestada também é para lá de bom, portanto eu chego para as duas!
A idade não perdoa, são 40, combinado? A partir de agora é sempre 40, escusam de me perguntar todos os anos. Estava eu a dizer que a idade é tramada, mas pensando bem acho que fui sempre assim, distraída, desastrada, destrambelhada... Um dia destes tomei duche e pus o habitual creme no corpo, mas afinal percebi que tinha me besuntado de leite desmaquilhante. Sou uma mãe ocupada, o desmaquilhante também não haveria de me fazer mal. Depois calcei um par de meias e ia calçar o segundo, temos que ter os pés quentinhos não é verdade?. Corri tudo à procura do raio das meias, e sabia bem que já as tinha tirado da gaveta. Era mais fácil ir buscar outras, mas caramba, eu não podia cá ser vencida por um par de meias. Depois de muito procurar, sentei-me e olhei para os pés, afinal já as tinha calçado. Enfim, já para não falar na quantidade de vezes que o "piolho" leva com a porta do carro na cabeça, ou mesmo quando espremo um limão à mesa para o meu prato e acerto-lhe nos olhos, e entalar-lhe os dedos na porta é também um habitué meu. Desculpa filho!
Ah e obrigada "mais-que-tudo" por seres o homem da manutenção lá em casa. Eu sei que não é fácil viver com alguém que nem um parafuso sabe apertar, e tu estás lá sempre para mim de ferramentas em punho.
Bem, com tudo isto, hoje só tenho uma receita simples para vos mostrar. Uma salada morna com ingredientes que todos temos em casa, e que safam bem para os dias que andamos sem grande inspiração. A maionese caseira é um mimo extra e foi das primeiras coisas que aprendi a fazer com a minha mãe. Com azeite fica mais saudável, escolham um com um sabor ligeiro. 

Parabéns a mim e obrigada por me fazerem companhia!


Ingredientes para 3/4 pessoas:
Para a salada: 
- 1 beterraba
- 3 batatas médias
- 2 ovos
- 1 pimento vermelho pequeno
- 1 lata grande de feijão
- 2 latas de atum
- azeitonas pretas q.b.
- folhas de coentros frescos
Para a maionese:
- 1 ovo
- 1 colher de chá de mostarda
- 1 pitada de sal
- azeite q.b.
- 1 pequeno molho de coentros frescos picados
- sumo de limão q.b.

Preparação:
Cozer a beterraba sem pele e cortada aos cubos, em água temperada de sal.
Entretanto à parte cozer as batatas sem a pele e também cortadas aos cubos, juntamente com os ovos, em água temperada de sal. Retirar tudo depois de cozido e reservar quente.

Retirar as sementes e as membranas brancas ao pimento e cortar aos cubinhos.
Passar o feijão frade por água e deixar aquecer um pouco na água das batatas (só para amornar).

Para a maionese, colocar no copo misturador ou similar, o ovo, a mostarda e o sal. Bater com a varinha mágica ao mesmo tempo que se verte azeite em fio. Ir batendo até engrossar. Adicionar os coentros e sumo de limão a gosto. Retificar o tempero de sal se necessário.

Servir tudo numa travessa grande, decorado com os ovos, azeitonas, algumas folhas de coentros e maionese à parte para cada um servir a gosto. Bom apetite!

8 comentários:

  1. Está linda essa salada! É daquelas que posso comer à vontade! Muitos parabéns minha querida! 40 sejam! Certamente muito bem vividos, tal como serão os que estão para vir! Muita saúde e que sejas sempre muito feliz! Grande beijo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada! beijinho grande grande também.

      Eliminar
  2. Muitos parabéns Carla. Faça muitos e muitos com muita saúde e alegria são os meus sinceros votos. Tenha um bom dia.
    Bjinhos!!

    Tânia Tiago
    http://bimbysaboresdavida.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Tânia! Saúde é o que eu peço sempre, nada mais importa. beijinhos

      Eliminar
  3. Antes de mais, muitos parabéns, desejo que a vida te dê tudo de bom.
    Gostei muito da tua salada, nunca fiz maionese mas sei que a caseira faz toda a diferença.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada São. Hoje tenho tanto mimo bom. Maionese caseira e feita com azeite sentimos menos culpa ;). beijocas e obrigada.

      Eliminar
  4. Minha Linda, ainda que atrasados muitos e muitos parabéns!!!!!
    Tudo de bom para os próximos anos, e que sejam muitos junto de quem mais desejas.
    Mas prepara-te que como eu costumo dizer a partir dos 40 acontece-nos tudo...
    Bjs enormes

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vens sempre a tempo! Já estou bem preparada porque não fiz 40 e sim 43. Mas costumo dizer que é 40 a partir dos 40 na realidade. Temos de ser otimistas e estar à altura do que nos acontece. Envelhecer não é fácil para ninguém mas se tentarmos ter um espírito jovem e um pensamento otimista tudo fica bem mais fácil. beijocas e bom fim de semana. Sempre a aproveitar a vida.

      Eliminar

Comentem e critiquem à vontade. Estou aqui para partilhar e também para aprender. Apenas não serão publicados comentários sem serem assinados e desprovidos de sentido.

Printfriendly

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...