14 março 2016

Carpaccio de tentáculos de pota

Nem sempre estamos satisfeitas com a vida e acho que todas temos direito a estar desanimadas e preguiçosas. Foi o que se passou a semana passada. Simplesmente limitei-me a existir. Nem cozinhar me apeteceu. Deu para sentir o que sentem as mulheres que não gostam de o fazer. Até um simples peixe cozido com legumes pode correr mal, quando não o fazemos com vontade e amor. Não me canso nunca de elogiar as mulheres no seu geral. Temos de ser tantas coisas ao mesmo tempo. É demasiado para nós! Mas a verdade é que quando paro, sinto que tudo à minha volta para também. É como se eu fosse o comandante deste navio que é a minha vida e sem mim por perto o navio não anda. A idade, a experiência da vida, as desilusões com as pessoas fizeram com que eu crescesse e fosse capaz de lamber as minhas próprias feridas e seguir em frente. Acabei a semana e o fim de semana a fazer  as coisas que uma mulher tem de fazer. Pôr a casa a brilhar, cozinhar com amor para a família, e ainda plantei as minhas ervas aromáticas. Coisas tão banais que me fizeram voltar à rotina e sentir-me viva. Passei parte da tarde de domingo a encher as unhas de terra a plantar com tanto amor as minhas sementes. Senti-me tão bem. Dei por mim com vontade de ir buscar a balança para pesar as pedrinhas no fundo dos vasos e depois a terra, para que todas ficassem iguais. Quase como se fossem uma massa de pães que tem de se dividir para quando forem ao forno ficarem todos do mesmo tamanho. Dei por mim a ir buscar toalhetes para limpar a borda dos vasos, como se fossem pratos com comida prontos para levar à mesa. E de repente voltei. Voltei com vontade de cozinhar. Voltei com este sentimento que posso sentir gosto pelas minhas coisas, mesmo que sejam as coisas de todos, pois cozinhar é para a família, limpar a casa é para a família, plantar as ervas é para a família, e nada como ser feliz a fazer estas pequenas coisas. E como a vida é feita de escolhas, eu escolhi usar tentáculos de pota que são bem económicos, mas não me poupei no azeite especial que comprei. Fiz com amor e tornei as potas banais, que além de baratas ainda estavam em promoção, numa entrada especial e acho que é assim que muitas vezes a maioria de nós mulheres fala indiretamente para a família. Levar pratos à mesa feitos com amor, que levam tempo, tempo esse que abdicamos de nós, em prol da família. Cozinhar, tratar da casa e dos filhos, das compras, trabalhar fora, e outras tantas coisas... E o que é que todas nós queremos em troca? Reconhecimento, apenas reconhecimento e tudo o que advém disso. Boa semana!

Ingredientes:
Para cozer os tentáculos:
- 800g de tentáculos de pota congelados
- sal grosso q.b. 
- 1 folha de louro
- 1 cebola inteira e sem a casca
Para dar sabor:
- 2 dentes de alho espremidos com utensílio próprio ou bem picados com a faca
- 2 colheres de sopa de coentros frescos picados
Molho para servir:
- 2 chalotas picadas
- 1/4 de pimento amarelo cortados as cubinhos
- 2 colheres de sopa de coentros frescos
- 6 colheres de sopa de azeite
- 1 colher de sopa de vinagre de vinho branco
- sal grosso q.b.

Preparação:
Cozer os tentáculos de pota ainda congelados com um pouco de água temperada de sal, a folha de louro e a cebola, até estarem tenros. Retirar, escorrer bem e deixá-los numa travessa juntamente com o alho e os coentros para tomarem sabor enquanto arrefecem.

Estender película aderente na bancada da cozinha e por cima colocar os tentáculos de pota bem unidos. Enrolar a película à volta e apertar bem dos lados. Levar ao congelador pelo menos 4 horas.

Retirar a película e ainda congelado cortar fatias finas com uma faca bem afiada. Dispor cuidadosamente na travessa e servir com o molho por cima. Para o molho basta juntar todos os ingredientes e mexer bem. Bom apetite!

Nota: Receita com alguma inspiração retirada da revista "Sabe Bem" deste mês.

10 comentários:

  1. Carla, acontece. Afastei-me do blog por três meses, não sei bem explicar porquê. Apenas precisei! Até que me deu um clique do género do teu e me comecei a sentir incompleta! ;)
    No fim das contas todas queremos o reconhecimento do nosso esforço e apaparicar a nossa família é o nosso melhor prémio.
    Gostei muito deste petisco parece ser bem fresco! :D :)
    Beijinho.
    Sarinha.
    No Conforto da Minha Cozinha

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois é Sara, estes desânimos calham a todas nós, mas depois acordamos um dia e sentimos que tudo vale a pena e ficamos cheias de energia para voltar ao nosso trabalho principal, que é cuidar da família. Beijinho grande. Tenho visto também os teus petiscos bem bons. Voltaste com muitas receitas bem apetitosas.

      Eliminar
  2. Pois é Carla, todos temos estes momentos de crise. Há que saber ultrapassá-los da melhor forma. E, pareceu-me muito bem a maneira como a contornou. Ir para um jardim, plantar pode ser muito terapêutico. Para a minha mãe, por exemplo, é. Ela adora flores e plantas.
    A receita, uma maravilha como sempre. Beijinhos e ânimo que a primavera está a chegar e com ela o bom tempo (espero ;))
    Beijinhos!!

    http://bimbysaboresdavida.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tem de ser Tânia, a vida é demasiado preciosa para perdemos tempo com desânimos e preguiças. Infelizmente não tenho nenhum jardim, mas fiz, aliás estou ainda a fazer, de uma das minhas varandas,uma pequena amostra de jardim. Não é certamente a mesma coisa, mas também me anima. Adoro a primavera, quem não gosta não é verdade :). bjs e boa semana.

      Eliminar
  3. Esses tentáculos de pota estão bem especiais! Há uns dias reparei que já há tentáculos de pota no supermercado onde vou. Não trouxe nesse dia mas da próxima vez não me escapam! Também tenho dias assim. Principalmente quando o tempo aqui fica cinzento ainda é pior! Sexta foi um desses dias! E sabes o que fiz?! Também fui plantar mais umas aromáticas! Já tenho um montão de garrafões mas apeteceu-me fazer mais uns! Foram repetidos, mas antes a mais do que a menos e naquela hora foi o que me apeteceu fazer! E que bem que me fez! É mesmo terapeutico! Tal como cozinhar! Porque tudo o resto também é necessário mas se eu pudesse limitava-me só a cozinhar e a tratar da horta! Vivia feliz assim! Porque realmente a mulher por vezes tem uma posição injusta (se bem que priviligiada em certos aspetos), temos de estar disponíveis e prontas para tudo! Parece que por vezes não temos direitos, apenas deveres. Quase nem podemos estar doentes. Há dias em que nos sentimos umas autênticas gatas borralheiras! Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E são substancialmente mais baratos que o polvo. O tempo cinzento também não ajuda nada, portanto espero que hoje esteja sol por ai. Por aqui está uma maravilha. Eu também repeti alguns vasos e fiquei com vontade de ir comprar mais sementes. É claro que eu também dispensava as outras tarefas para além de cozinhar, mas tem de ser, temos de o fazer. E estarmos doentes nem pensar, pois parece que nem a isso temos direito :(. Ainda bem que não sou a única a sentir-me assim, e não porque sou egoísta e quero todas desanimadas como eu, nada disso! Mas assim não me sinto tão sozinha ;) e sei que me compreendem. beijocas grandes e com a fome que já estou comia um pratinho do teu cozido à portuguesa.

      Eliminar
  4. Bem vinda Carla!!! Um beijo enorme.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada! Eu sabia que ias ficar contente com o meu regresso. beijoca grande

      Eliminar
  5. Todos temos dias assim e nada como encontrarmos o que realmente nos faz feliz para voltar a motivação. Por aqui também comemos muitas vezes tentáculos de pota para substituir algumas receitas de polvo. Embora não seja igual, é algo que serve para matar as saudades e mesmo muito mais económico (principalmente se comprado em promoção). Adorei esta tua ideia, vou guardar :)
    Beijinhos ...
    Guloso qb

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É verdade e o melhor ainda é que nos passa depressa, pois não há tempo para estas mariquices;), temos uma vida para viver. Há ligeiras diferenças entre polvo e potas, mas a melhor diferença ainda é no preço. bjs e boa semana.

      Eliminar

Comentem e critiquem à vontade. Estou aqui para partilhar e também para aprender. Apenas não serão publicados comentários sem serem assinados e desprovidos de sentido.

Printfriendly

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...