11 julho 2016

Rolo Pastelaria & Confeitaria



Elogiar, é disso que vos quero falar hoje. Do elogio ao próximo, de dar prioridade ao elogio e depois virá a reclamação com educação, porque podemos sempre ajudar o outro a melhorar.
Um destes dias dei de caras com umas línguas de veado que antes não tinha visto. Sou uma saudosista, adoro remexer nas minhas memórias passadas, as boas, que as más ficam guardadas no sítio que nunca devem sair. Línguas de veado fazem parte da minha meninice e desta mulher que não quer crescer. Continuo a adorá-las e procuro sempre as que me relembrem mais coisas da infância quando as trinco.
Era uma embalagem tão direitinha, tão consistente na apresentação, simples mas tão mimosa que me chamaram à atenção. Alinhadas e cozidas na perfeição, doces e com gordura quanto baste, mesmo ao meu gosto. Sempre que as trincava lembrava-me que tinha de elogiar esta empresa, julgando eu que era algo novo no mercado, mas afinal era só novo para mim.
Não deixei passar esta vontade de elogiar e quando a caixinha já ia a meio lá fui procurar indicações e formas de chegar até esta pastelaria. E assim fiz. Escrevi um elogio às línguas de veado e foi um elogio verdadeiro, sentido e desprovido de qualquer segunda intenção, daí achar que vale a pena partilhar com os meus leitores um "post de publicidade", sim, mas não foi encomendado. De volta tive resposta, e era mesmo só isso que pretendia, fazer chegar o elogio à equipa. Além dá resposta um mimo tão grande a acompanhar, porque a Pastelaria Rolo acha que o elogio também se premeia e foi isso que fizeram comigo.
Uma caixa enorme de bolinhos secos lindos, entregues pessoalmente pela mão do Sr. Rogério. Mais que os bolinhos, foi a boa conversa, que flui sempre tão naturalmente quando duas pessoas apaixonadas por comida se juntam. Foi bom saber alguns detalhes tão importantes na confeção e outros sobre a fábrica e sinceramente fiquei com vontade de a conhecer de perto.
A culinária, a paixão pela comida é isto. A vontade de ir mais ao fundo do conhecimento. Bem, depois de chegar a casa provei todos os bolinhos, e tenho os meus preferidos, as línguas de veado, as bolachas Húngaras (as sem chocolate) e as areias que são divinais! Duvidam? Ah e dividi com a família porque é sempre bom partilhar.

2 comentários:

  1. E olha que têm todos um aspecto mesmo delicioso mas eu ficava-me também pelas linguas de veado, julgo que será eternamente o meu biscoito preferido e tenho pena de já não encontrar por cá o sabor de que me lembro de infância!
    Beijinhos ...
    Guloso qb

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Então Carla tens de experimentar estas. Eu encontrei-as no Pingo Doce recentemente, e foi isso que fez aqui o click, por ter gostado tanto. São um biscoito que adorarei sempre. bjs e boa semana.

      Eliminar

Comentem e critiquem à vontade. Estou aqui para partilhar e também para aprender. Apenas não serão publicados comentários sem serem assinados e desprovidos de sentido.

Printfriendly

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...