15 fevereiro 2014

Recordações do São Valentim, Festa De Aniversário E Uma Surpresa Para Mim


O dia de São Valentim não me correu como eu esperava. Um telefonema de manhã deixou-me muito ansiosa. O grande amor da minha vida tinha ido para as urgências porque o seu coração reclamava. Nem sei como tive força para agarrar no carro e tentar ajudar quem podia precisar de mim naquele momento. Embora este meu pai nunca se queixe, eu sei bem como ele é. O seu sentido de humor e amor é tanto, que ele disfarçava entre piadas e ralhetes, porque nem eu, nem a minha irmã tínhamos de estar ali. Eles queriam que nós fossemos à nossa vida e eu tive de repetir: A minha vida são vocês! Afinal, foi só um susto, talvez um aviso dos céus para ele se cuidar melhor. Nem fiz um jantar especial, aliás, nem sequer cozinhei. Os outros dois meus amores, puseram a mesa e fizeram-me o jantar, que me soube pela vidinha. Hoje havia uma festa, o meu sobrinho mais velho que fez 14 anos no dia 11 de Fevereiro. Apesar dos ânimos em baixo, decidimos comemorar, com a presença dos avós, e com o avô já estabilizado. Afinal foi o meu primeiro sobrinho que fez de mim a tia que sou hoje. Modéstia à parte, acho que sou uma boa tia. Nasci para ser tia! Por isso, pus mãos à obra e fiz os seus paezinhos preferidos e o salame de chocolate que ele adora. A minha irmã fez um grande almoço e entre outras iguarias, o bolo de aniversário, que lhe correu muito bem. A minha mãe trouxe os seus famosos rissóis de camarão e a mãe do "mais-que-tudo" fez a sua típica mousse de chocolate. Foi uma festa perfeita, pois é entre eles, que eu me sinto tão feliz. Para terminar, apanharam-me de surpresa. A minha sogra, que estranho chama-la assim, mas eu sou uma pessoa estranha, talvez por poder dizer que é uma das minhas melhores amigas, fez um discurso, lendo um papel rascunhado que escondia na manga da blusa. E o discurso era para mim, para me presentearem com uma medalha costurada pelas mãos da minha irmã e um bolo com as minhas cores preferidas e chamaram-me Mini Chef. Se isto não é a melhor família do mundo, então não sei qual será! 

OBRIGADA FAMÍLIA! APANHARAM-ME DE SURPRESA!

2 comentários:

  1. Que bom que o teu pai está restabelecido . A família é mm a nossa rocha! E que bom é termos uma familia unida :) beijinho bem doce !

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Cristina. O meu coração ficou tão pequenino, nem quero pensar... Beijocas para ti e para a Sandra.

      Eliminar

Comentem e critiquem à vontade. Estou aqui para partilhar e também para aprender. Apenas não serão publicados comentários sem serem assinados e desprovidos de sentido.

Printfriendly

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...