25 agosto 2015

Tarte folhada de creme de limão e framboesas

Esta semana estou em casa em modo de férias quase forçadas. Há que arranjar coisas para fazer e passar o tempo da melhor maneira. Por isso hoje foi tarde de cinema. Eu e o "piolho encardido" vimos o filme francês "A Família Bélier". É um filme especial que nos toca de uma certa maneira a todos, filhos ou não de pais com surdez. É um filme que todos os pais deviam ver. Confesso que o final fez-me chorar de tanta beleza, e não porque foi triste. Vocês sabem, eu ainda só tenho 9 anos de prática em ser mãe, mas embora me custe ver, o "piolho" já vai voando do ninho, e é tão bom vê-lo crescer e tornar-se num pequeno homem com tantos valores e já um certo arcabouço em saber lidar com o mundo lá fora. O mundo para o qual, o meu dever é prepará-lo bem. É bom para mim ir-me preparando para quando ele voar de vez, e em vez de o condicionar, empurrá-lo do ninho para o caminho onde ele vê a possibilidade dos seus sonhos e objetivos tornarem-se realidade. Vejam o filme e percebem o que eu estou a falar.
Agora a receita finalmente, que já está guardada há muitos meses impaciente à espera que me decida partilhar, com o patrocínio da Dulcis que me fez chegar o seu creme de limão tão saboroso e prático de usar.

Ingredientes:
- 1 base redonda de massa folhada
- 200ml de natas (35% M.G.)
- 100g de creme de limão Dulcis ou caseiro
- 3 ovos tamanho L
- 100g de açúcar refinado
- 1 colher de sopa de amido de milho
- 150g de framboesas frescas (deixar algumas para decorar no final)

Preparação:
Bater as natas até dobrarem de volume, para de seguida juntar o creme de limão e voltar a bater até ficar tudo bem misturado. Bater os ovos com o açúcar até ficar um creme fofo e esbranquiçado. Envolver cuidadosamente com a colher de pau, o preparado das natas ao preparado dos ovos. Adicionar o amido de milho e voltar a envolver bem.
Retirar a massa folhada do frigorífico na hora de ir ao forno (para não ficar mole), colocar diretamente com o papel vegetal na tarteira, picar aleatoriamente o fundo com o garfo várias vezes para a massa não empolar, verter o creme e por cima as framboesas, guardando algumas para decorar.
Levar ao forno pré-aquecido a 220º durante 10 minutos para a massa folhar, e depois baixar para os 180º. Coze em 30/35 minutos ou até o creme estar firme e a massa dourada. Desenformar e deixar arrefecer. Na hora de servir decorar com framboesas frescas e polvilhar com açúcar em pó.  Bom apetite!

6 comentários:

  1. Nestas ferias nao tenho comido muitoa doces por isso uma fatia dessa tarte sabia-me bem! Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Por aqui temos abusado bastante. E eu que só fazia doces nas festas de anos... boas férias

      Eliminar
  2. Huuummm... Quero uma fatia!!!
    Beijinhos,
    http://sudelicia.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Combinado! Segue uma fatia para ti. beijocas

      Eliminar
  3. Que delícia de tarte.

    Beijinhos,
    Clarinha
    http://receitasetruquesdaclarinha.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Clara! beijocas e continuação de uma excelente semana.

      Eliminar

Comentem e critiquem à vontade. Estou aqui para partilhar e também para aprender. Apenas não serão publicados comentários sem serem assinados e desprovidos de sentido.

Printfriendly

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...