03 outubro 2016

Bacalhau com natas

A minha mãe emprestada faz o melhor bacalhau com natas que já comi até hoje. Por gostar tanto da sua receita nunca me deu para explorar este prato em casa. Ela faz sempre a olho, e que "olho", pois fica sempre delicioso. Este sábado tive visitas e achei que estava na altura de fazer este prato.
Embora tivesse a receita aproximada, aquela sua mão certeira é impossível de imitar, e sendo assim este fica o meu bacalhau e o dela continuará a ser o especial. Eu acho que até estava bem saboroso, e a minha mãe emprestada confirmou, pois como boa aprendiz levei uma dose para ela provar. Está diferente, mas também está muito bom, então ficamos assim, este é o bacalhau da Carla e o outro é o meu. Combinado!

Ingredientes para cerca de 6 pessoas:- 3 lombos de bacalhau demolhados 
- 1,5 kg de batatas descascadas e cortadas aos cubos pequenos
- 1 cebola grande cortada ao meio e depois às rodelas finas
- 300ml da água de cozer o bacalhau
- 300ml de leite
- 2 colheres de sopa cheias de farinha de trigo
- 2 pacotes de natas
- 1 limão
- azeite q.b.
- sal q.b.
- pimenta moída q.b. (usei moinho 5 pimentas)
- noz moscada q.b.
- óleo para fritar q.b.
- pão ralado para polvilhar no final q.b. (ou queijo)

Preparação:
Cozer o bacalhau (não ponho sal), escorrer, deixar arrefecer um pouco e desfiar. Reservar 300ml da água da cozedura.

Levar um tacho grande ao lume com um fio de azeite. Juntar a cebola e deixar refogar bem. Adicionar o bacalhau e envolver. De seguida polvilhar com a farinha e voltar a mexer. Adicionar a água da cozedura e ir acrescentando o leite aos poucos. Deixar em lume moderado e ir mexendo até engrossar. Deixar este preparado com uma consistência cremosa. Apagar o lume e reservar.

Aquecer uma frigideira com óleo até estar bem quente e fritar as batatas (préviamente lavadas e escorridas). Escorrer o excesso de gordura em papel absorvente e juntar ao tacho do bacalhau conforme vão sendo fritas. Temperar com sal, pimenta, uma pitada de noz moscada e umas gotas de limão. Misturar tudo e esperar pela nova remessa de batatas fritas para voltar a fazer o mesmo. Temperar e misturar.

Depois de todas as batatas já fritas e bem misturadas no bacalhau, adicionar as natas e envolver tudo muito bem.

Colocar o preparado numa travessa de ir ao forno, polvilhar com pão ralado (ou queijo) e levar ao forno pré-aquecido para aquecer e dourar. Servir quente com uma salada de alfaces mistas. Bom apetite!

8 comentários:

  1. A minha mãe também faz a olhómetro e o meu nunca fica igual ao dela! A mão faz tudo! Mas o teu tem um aspeto bem apetitoso! E da maneira que me apetece bacalhau de natas há imenso tempo, tenho a certeza que ia adorar! beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois foi o que me aconteceu. Mas ficou bom na mesma. Eu adoro bacalhau com natas e bacalhau à brás. É calórico, mas de quando em vez sabe mesmo bem :), beijocas

      Eliminar
  2. Tão bom termos estas referências culinárias :) Ficou com um óptimo aspecto Carla.
    Beijinho
    http://asreceitasdamaegalinha.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Joana pelo simpático comentário. Boa semana! Beijinho.

      Eliminar
  3. Uma clássico fantástico. Óptimo aspecto.
    Beijinho!!!

    Bimby & Sabores da Vida

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Gosto tanto :). Mas não se pode comer sempre, muita caloria ;). beijinho

      Eliminar
  4. Adoro bacalhau com natas.

    Beijinhos,
    Clarinha
    http://receitasetruquesdaclarinha.blogspot.pt/2016/10/caril-de-abobora-courgette-e-tofu.html

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também eu delicio-me com este prato. É um pecado mas lá de longe em longe podemos comer. beijocas

      Eliminar

Comentem e critiquem à vontade. Estou aqui para partilhar e também para aprender. Apenas não serão publicados comentários sem serem assinados e desprovidos de sentido.

Printfriendly

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...