21 setembro 2015

Ovos rotos com presunto

"Isto é tão bom que devia ser ilegal". Foi com esta frase de um puto de 9 anos que iniciei o meu almoço de sábado passado. Eu e o "piolho encardido", assim numa espécie de "sozinhos em casa" sem o pai. Foi um fim de semana a dois, pois o "mais-que-tudo" trabalhou o fim de semana inteiro. Portanto eu cá arranjei maneira de fazer coisas ilegais, que fazemos quando os pais não estão em casa. Não se percebe obviamente como estes ovos sabem tão bem, é que não se compreende mesmo. Ovos, batatas fritas e presunto, tudo envolvido nos ovos partidos ou rotos como lhes chamam os espanhóis e está feito. É coisa para safar o almoço quando passamos a manhã no shopping a comprar roupa para o inverno e a gastar o que não devíamos, ora outra coisa que devia ser ilegal. Sou uma péssima mãe estou a ver... Bem, não sou nada! Lá fritei as batatas em azeite e cozinhei os ovos numa frigideira anti-aderente apenas untada com azeite, como sempre faço. E o presunto, ai o presunto... E nem uma pitada de sal usei para o pecado ser menor. 

Ingredientes para 2 pessoas:
- 3 batatas médias cortadas aos palitos
- 3 ovos tamanho XL
- 2 fatias de presunto cortadas às tiras
- pimenta preta móida para polvilhar no final q.b.
- salsa seca móida para polvilhar no final q.b.

Preparação:
Depois de cortar as batatas e lavá-las, enxugar bem em papel absorvente. Levar a aquecer uma fritadeira (uso uma alta para evitar os salpicos) com azeite, apenas o suficiente para cobrir as batatas que vamos fritando aos poucos de cada vez. Não aquecer o azeite demasiado, pois tem menos resistência (aos salpicos) que o óleo. Depois de fritas deixar a escorrer em papel absorvente.
Fritar os ovos numa frigideira anti-aderente apenas untada com um pouco de azeite.
Misturar num prato grande ou travessa, as batatas e os ovos partidos para que a gema envolva as batatas. Distribuir os pedaços de presunto pela travessa. Polvilhar a gosto com pimenta e salsa seca. Bom apetite! 

16 comentários:

  1. adoro este tipo de prato, simples nada demais mas simplesmente delicioso e que nos faz sorrir.


    O Cantinho dos Gulosos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não há explicação para isto :). Eu cá só sei que me sabe sempre tão bem

      Eliminar
  2. Bem mas que óptimo aspecto! :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada! E o bem que me soube...

      Eliminar
  3. Os miúdos adoram este tipo de pratos! E nós mães gostamos de lhes fazer estes miminhos! Mas só de vez em quando! Cá por casa o pedido foi para cachorro quente! O meu filho mais velho chegou ao pé de mim e de repente diz-me "mãe, podias fazer hot-dog"! Hot-Dog?! Estamos evoluídos! Sai já um hot-dog! Comeu tudinho e no final ainda me presenteou com um "obrigado"! Soube-me tão bem! Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bem assim a chamar hot dog fica bem mais chique;). Também faço às vezes. Como por aqui temos uma dieta equilibrada temos toda uma margem para abusar. Um beijinho

      Eliminar
  4. Aqui esta uma comida que o meu filho adora, e eu também
    De vez em quando sabe tão bem!!
    Ficou perfeito
    Boa semana
    bj

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu gosto imenso e o meu filho ainda mais. É que nos soube tão bem este almocinho rápido a dois. Bjs e boa semana também.

      Eliminar
  5. Cá por casa também são muito apreciados, mas sem presunto :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ai o presunto não podia faltar. Mas fica igualmente bom sem ele ;). bjs

      Eliminar
  6. tão bom!
    Beijinhos,
    http://sudelicia.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Susana! beijocas e boa semana

      Eliminar
  7. Bom dia,
    Queria apenas deixar uma pequena achega "técnica" no que respeita às temperaturas a que se podem/devem usar azeite e óleos. Ao contrário do que indica, o azeite é o mais resistente dos óleos vegetais, sendo até o único que pode ser aquecido para além dos 200ºC (até 220ºC), o que não acontece com os óleos, que se alteram e formam compostos tóxicos perigosos logo a partir dos 165ºC para alguns, e apenas um (amendoim) aguenta os 200ºC. O azeite pode aquecer até começar a fumegar. Bom ano.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Luís, qualquer tipo de conhecimento extra é sempre muito bem-vindo na minha cozinha. O que eu queria dizer é que o azeite quando muito quente salpica bastante mais que o óleo. Já está retificado para se perceber melhor. É sempre controverso esta "coisa" do azeite, das margarinas e manteigas, e o que será mais saudável. De qualquer maneira deixo um lin da ASAE com alguma informação sobre os óleos e as frituras. Se tiver outras informações ou links que possa informar melhor quem me lê, aguardo a sua ajuda.

      http://www.asae.pt/pagina.aspx?back=1&codigono=541054845488AAAAAAAAAAAA

      Eliminar
  8. Acabei de almoçar ovos rotos no restaurante Treze, que estavam divinais. As batatas, fritas em palha ficam optimas misturadas com o presunto e os 2 ovos estrelados em cima, que o empregado misturou na minha frente, ficando tudo envolvido e delicioso. Acompanhei com grelos salteados. Foi um almoço 5 *****!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Que maravilha! Eu adoro ovos rotos. Receita tão simples mas que nos dá tanto prazer a comer, vá se lá saber porquê... Com grelos deve ficar muito bom, para a próxima vou completar a receita com esse acompanhamento. :)

      Eliminar

Comentem e critiquem à vontade. Estou aqui para partilhar e também para aprender. Apenas não serão publicados comentários sem serem assinados e desprovidos de sentido.

Printfriendly

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...