17 maio 2016

Bifanas no pão

É claro que não são as bifanas de Vendas Novas, mas é claro que são igualmente boas e baratas para os jantares de fim-de-semana para fazerem companhia a um caldo verde por exemplo. Lá por casa são sempre temperadas da mesma forma e nunca falha. Depois é fazermos aqueles truques que aprendemos com as mães. Bifanas o mais finas que se conseguir (as minhas eram daquelas embaladas e bem grossas e mesmo com tanta pancada não ficaram tão finas como eu queria) e temperadas no dia anterior, servir sempre em carcaças e previamente torradas. Apurar o molho e na hora de servir besuntar uma das partes da carcaça com este molho. Por aqui eu só gosto com mostarda, mas os meus dois amores adoram estragar a coisa com maioneses e ketchupes. Cada um sabe de si e na minha bifana nem pensar!

Ingredientes para 5/6 bifanas:
- cerca 400g de bifanas
- 1 colher de chá rasa de sal grosso
- 4 dentes de alho grandes esmagados com o utensílio manual próprio
- 4 folhas de louro
- 1 colher de chá de pimentão doce
- 100mlcerveja branca
- 1 noz de manteiga
- azeite q.b.
- 6 carcaças
- mostarda q.b.

Preparação:
Bater a carne com o martelo de cozinha entre dois pedaços de película aderente, para que fique o máximo fina possível.

Dispor a carne numa taça e temperar com o sal, os alhos, o louro partido aos pedaços, o pimentão e a cerveja. Misturar e massajar bem a carne para que fique toda temperada por igual. Tapar com película aderente e reservar no frigorífico de um dia para o outro.

Aquecer uma frigideira grande com a manteiga e o azeite. Fritar as bifanas de ambos os lados e ir reservando mantendo quente à medida que estão fritas. Quando todas estiverem fritas, na mesma frigideira acrescentar toda a marinada que sobrou e raspar o fundo com a colher de pau para dar mais sabor ainda ao molho. Deixar em lume alto para reduzir e ficar um molho bem apurado. 

Torrar o pão no forno ou na torradeira e em cada metade da carcaça colocar um pouco do molho, e por cima as bifanas. Servir com mostarda a gosto. Bom apetite!

8 comentários:

  1. Isso tudo e lamber os dedos no fim hahaha :) Sugestão delciosa!
    Beijinho
    http://asreceitasdamaegalinha.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ah bolas esqueci-me desse pormenor tão importante :). Lamber os dedos sempre! bjs

      Eliminar
  2. E adivinha qual foi o jantar de sábado passado aqui em casa? Bifanas no pão, algo parecidas com essas (com mostarda, é claro ...) e o belo do caldo verde :)
    Parece que andámos sintonizadas, ou melhor, sabemos o que é bom :D
    Beijinhos ...
    Guloso qb

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. eheheh é isso mesmo Carla! Sabemos é o que é bom! Bjs

      Eliminar
  3. Oh Carla! O que eu dava por uma bifana! Ontem foi a maior festa da ilha, o Bodo de Leite de Santo Antão e eu ia destinada a comer uma bifana! Se há coisa que me sabe bem no meio de festas e arraiais são bifanas no pão! Comprei uma é vim mesmo desgostosa pois não era nada do que seria de esperar! A carne precisava de umas valentes marteladas pois era extremamente grossa e só sabia a colorau e cominhos! Nem parecia uma bifana! E acho que essas tuas cumprem todos os requesitos de uma boa bifana! Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oh assim não se aguenta! Ir à festa e não comer uma boa bifana... Na, na, na, na. As minhas estavam bem boas, palavra de escoteiro. Levaram muita martelada com o martelo de madeira das sapateiras, mas eram bem grossas e foi o que se pode arranjar. A minha próxima aquisição na cozinha é um martelo a sério para a carne. beijocas

      Eliminar
  4. Respostas
    1. Quem não gosta é um ovo podre :). O meu piolho come a sopa e duas bifanas e só tem 10 anos... bjs

      Eliminar

Comentem e critiquem à vontade. Estou aqui para partilhar e também para aprender. Apenas não serão publicados comentários sem serem assinados e desprovidos de sentido.

Printfriendly

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...