10 maio 2012

Açorda Com Rojões Da Minha Mãe

E se eu pudesse parar o tempo? Não! Não tem a ver com a nova linha anti-rugas do Boticário! Se eu pudesse parar o tempo, teria ficado mais tempo no dia da mãe... Os meus pais, os três filhos e os quatro netos, juntos numa festa maravilhosa, onde a mãe Elisabette fez a paparoca, e entre outros pratos fez este. Eu apenas comi e registei o momento. Houve dança no meio da sala, como nos bons velhos tempos, em que eu e os meus irmãos vivíamos ali... Foi um momento de ternura, cumplicidade e muitas risadas. Se eu pudesse parar o tempo, teria tornado este dia mais longo...

Ingredientes para 4 pessoas:
- 1kg de rojões de porco
- 3 dentes de alho
- 1 colher de chá de pimentão doce
- 2,5 dl de vinho branco
- 1 dl de azeite
- sal
- pimenta

Para a açorda:
- 4 bolas de mistura (pão)
- 1 cebola
-  3 dentes de alho
- 1 lata de tomate pelado
- 1 dl de azeite
- 2 a 3 folhas de manjericão fresco
- sal
- pimenta
 
Preparação:
Tempera-se os rojões com sal, pimenta, pimentão doce, os alhos picados, 2 colheres de sopa de azeite e o vinho. Mistura-se bem e deixa-se a marinar de um dia para o outro.
No dia seguinte, escorre-se os rojões e reserva-se a marinada. Num tacho aquece-se o restante azeite, adiciona-se os rojões e cozinha-se até ficarem dourados. Acrescenta-se a marinada, tapa-se e cozinha-se em lume brando até ficarem tenros, mexendo de vez enquando.
Entretanto prepara-se a açorda. Corta-se o pão em pedaços para uma tigela e cobre-se com água fria. Num tacho com o azeite coloca-se a cebola e o alho bem picados até a cebola ficar macia. Acrescenta-se o tomate pelado picado e deixa-se cozinhar 10 minutos em lume brando. Escorre-se o pão entre as mãos para retirar toda a água e junta-se ao tacho juntamente com o majericão fresco picado ou outra erva a gosto. Mexe-se bem até obter uma mistura macia.  Tempera-se de sal e pimenta. Serve-se com amor e saboreia-se com ternura.

Receita com algumas alterações, retirada da "Dica da Semana" de 3 de Maio de 2012.

1 comentário:

  1. Olá Carla:)

    Adorei a forma carinhosa que descreveste o dia da Mãe passado na casa da tua mãe. Fez-me lembrar um pouco a minha mãe e os quatro filhos de volta dela, com o meu pai também. Era tão fácil viver e ser feliz, agora é tudo mais complicado:)

    Adorei o prato que vê-se a sua confecção com tanto amor e dedicação:)

    Beijinhos

    ResponderEliminar

Comentem e critiquem à vontade. Estou aqui para partilhar e também para aprender. Apenas não serão publicados comentários sem serem assinados e desprovidos de sentido.

Printfriendly

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...