Paginas

14 junho 2021

Caldeirada de peixe

O Meu Tempero

Com alguns dias de férias passados junto ao mar, as saudades de peixe intensificam-se, dos pratos em que os ingredientes brilham por si, das sardinhas assadas ao choco com tinta, do arroz de marisco às açordas, das cataplanas às caldeiradas. E é o que vos trago, uma caldeirada de peixe, que o truque principal é trazerem da banca da peixaria, o peixe mais fresco que lá houver, fazer com amor e partilhar com boa companhia.

Ingredientes para 3:
- 1,5kg de peixe fresco variado (usei pata-roxa, savio, corvina, redfish)
- 6 camarões selvagens
- 2 cebolas médias cortadas às rodelas
- 2 tomates maduros médios cortados às rodelas (e sem a pele)
- 2 dentes de alho laminados
- 1 folha de louro
- 4 batatas grandes para cozer (cerca de 850g) cortadas às rodelas não muito grossas
- 1 pimento vermelho médio cortado às tiras
- 1 pimento verde médio cortado às tiras
- 1/2 copo de vinho verde (de boa qualidade, ou branco)
- 1/2 copo de água (opcional, para quem prefere mesmo muito molho)
- azeite q.b.
- sal grosso q.b.
- pimentão doce q.b.
- pimenta branca moída q.b.
- 1 molho de coentros frescos inteiros

Preparação:
Num tacho grande colocar a cebola, o tomate, o alho e o louro. 
Colocar por cima camadas intercaladas de batata, pimentos e coentros.
 
Entre as camadas ir temperando de sal, pimenta e pimentão doce. 
Dispor o peixe e os camarões por cima e regar tudo com o vinho, a água, um fio de azeite e mais uns coentros por cima.
 
Tapar e levar ao lume moderado até as batatas estarem tenras. Não é necessário mexer. Servir de imediato. Bom apetite!

Sem comentários:

Enviar um comentário