26 abril 2012

Açorda de Bacalhau À Alentejana (À Minha Maneira!)

                          

A propósito dos meus homens dizerem que a mãe é tonta...
Conversa entre eles sobre o 25 de Abril de 1974.

Pai    : Sabes como se chama estas flores?
Filho : Claro que sei, são escravos! (diga-se cravos)
Pai    : ... O Saldanha Maia blá blá blá...(É Salgueiro Maia pá)
Filho : E o que são as Forças Armárias? (Não será Armadas?)
Mãe :  (a propósito do Almeida Santos a falar na TV) Olha o Saramago, mas pensava que ele já tinha falecido...
Pai: Carla estás a falar a sério?
Mãe: Claro que não! Desta vez não!

Meus meninos, têm de comer muita açorda para ficarem tão tontos como eu. Eu não sou tonta, sou distraída! Mas eles adoram gozar comigo.

Ingredientes:
- Bacalhau
- Pão Alentejano
- Ovo
- Coentros
- Alho
- Sal
- Azeite

Preparação:
Cozer o bacalhau, lascar e reservar. Na mesma água da cozedura escalfar os ovos. Retirar e reservar. Colocar os coentros picados, o dente de alho esmagado, um fio de azeite, rectificar o sal e deixar ferver na mesma água.  Empratar colocando as fatias de pão alentejano ou similiar, as lascas de bacalhau, o ovo e por fim o caldo com os coentros. Servir de imediato. Bjs a todas/os.

Não deixo quantidades, pois acho que este é daqueles pratos que não interessa pesar ou medir, faz-se com o que se tem em casa. Mais pão, menos bacalhau, o mérito é dos coentros e do alho. Pode-se usar pão duro que até fica melhor.

21 abril 2012

Salada De Ovo Com Requeijão E Bacon Crocante

O São Pedro teima em dificultar-me a vida, agora que eu já estava mais que preparada para os dias de alergia, para a caça nocturna às melgas, para os pés apertados nas botas castanhas, para o não sei o que vesir hoje... Pois bem, meu querido São Pedro se pensas que eu vou voltar a vestir camisas interiores, dois pares de meias, casacos de fazenda, ficar chateada porque me sujaste os vidros de casa com tanta chuva miúdinha, ou porque vai chover torrencialmente e vais molhar os estofos do meu carro, pois o vidro não fecha, se pensas isso, ora que estais muito enganadinho! É só para que saibes que gastei uma fortuna em roupa de verão, borrifei-me para os vidros de casa e do carro, vou rapar frio, mas pouco me importa, mas cá em casa está oficialmente aberta a época das saladas e refeições ligeiras! E nem penses que me estragas o fim de semana! Vai-te encher de moscas!

Ingredientes para 2 pessoas:
- 3 ovos
- 3 colheres de sopa de água
- 1 malagueta chili
- 1 colher de sopa de cebolinho picado
- 1 mão cheia de várias folhas de alface e rúcula
- 1 requeijão
- 4/5 fatias de bacon
- sal
- pimenta (moinho 5 pimentas)
- vinagre balsâmico
- azeite
- óleo de girassol para fritar

Preparação:
Bate-se os ovos com a água para ficarem mais diluídos, acrescenta-se a malagueta e o cebolinho picado, tempera-se de sal e um pouco de pimenta. Numa frigideira grande anti-aderente, coloca-se um pouco de óleo e espalha-se com papel absorvente. Quando estiver quente coloca-se pequenas doses de ovo, espalha-se e frita-se como se fossem panquecas. Depende do tamanho dos ovos, mas os de tamanho L faz 4 panquecas. Reserva-se. Na mesma frigideira coloca-se o bacon às tirinhas até ficar bem crocante e escorre-se em papel absorvente. Emprata-se a gosto e tempera-se com um vinagrete de azeite e vinagre balsâmico.

Agora vou ali apanhar banhos de sol... Bjs a todas/os

17 abril 2012

Pudim de Pão E Amêndoa

Uma semana difícil, entre ausências, suposições e uma perda. A última das avós partiu e com ela levou a resposta à pergunta que 39 anos não me chegaram para lhe fazer. Na sua viagem, deixou beijos e mandou dizer que gostava de todos. Isso bastou-me. Deixei-a partir em paz, e a minha pergunta partiu com a resposta dela. Afinal pouco importa. Guardo no meu baú emotivo, pequenas grandes recordações de infância. A sua típica casa num bairro de pescadores em Portimão, a laranjeira à sua porta, o muro caiado, o canteiro cheio de flores, os figos maduros que ela me dava, o colo, os beijos, o cuidado para eu não deixar ninguém me tocar no pipi, como ela dizia, as botinhas e os casaquinhos de lã, que só ela sabia fazer, o jardim na rua de baixo, as voltas ao quarteirão que ela nos mandava dar quando nos sentiamos aborrecidos, os primos reunidos, a felicidade total, a inocência da vida... Faltou-me ter enchido o resto do baú com outras tantas coisas, mas a culpa dividi-se por todos. Ninguém tem culpa...

Ingredientes:
- 150g de miolo de pão de forma
- 150g de amêndoa (usei laminada)
- 500ml de leite
- 200g de açúcar (usei mascavado)
- 4 ovos (Tamanho L)
- 50g de margarina
- caramelo líquido (usei de compra)

Preparação:
Num tacho com o leite junta-se o pão em pedaços, a amêndoa que triturei no robot de cozinha, deixando algumas laminadas para a decoração e leva-se a ferver em lume brando, até o pão estar desfeito.
À parte numa taça bate-se os ovos com o açúcar, até ficar uma mistura esbranquiçada. Reserva-se.
Ao preparado do leite,  após retirado do lume, adiciona-se a margarina, misturando bem. Deixa-se arrefecer um pouco e adiciona-se lentamente à gemada, mexendo sempre. Por fim coloca-se a mistura numa forma de pudim com tampa, já untada com o caramelo. Coloca-se na panela de pressão com água até meio da forma. Fecha-se bem a panela de pressão. Deixa-se cozer em lume forte, e quando começar a ferver, baixa-se o lume e sensivelmente 10/15 minutos depois desliga-se. Espera-se até arrefecer completamente para abrir a panela de pressão. Desenforma-se e depois de arrefecido vai ao frigorífico. Decora-se com o resto das amêndoas laminadas ligeiramente torradas numa frigideira.

Bjs a todas/os e desculpem a minha ausência.

11 abril 2012

Filetes de Peixe Gato



A primeira vez que comi peixe-gato não achei muita piada. A textura não me convenceu na altura. Mas como em tudo na vida, temos de nos adaptar a todas as circunstâncias, mesmo que nos doa a cabeça e o universo, como diria Fernando Pessoa. Esta é uma maneira que me agrada bastante comer este peixe, tornando-o mais rijo. Aqui fica a breve sugestão.

Ingredientes:
- filetes de peixe-gato
- sumo de limão
- vinho branco
- sal
- pimenta
- farinha
- pão ralado
- cebolinho seco
- pimentão doce (colorau)
- ovo
- óleo de girassol para fritar

Preparação:
Se forem filetes grandes, corta-se ao meio. Tempera-se de sal, pimenta, sumo de limão e um pouco de vinho branco. Depois de alguns minutos a absorverem o tempero, seca-se com papel absorvente e passa-se por farinha retirando o excesso. De seguida pelo ovo batido e por fim numa mistura com  o pão ralado, cebolinho seco, pimentão doce e um pouco de sal fino. Frita-se em óleo quente até estarem dourados.
Para facilitar podem colocar a farinha dentro de um saco de plástico, colocarem os filetes, abanar o saco e já está. Tal como na mistura do pão ralado. E podem sempre reaproveitar o saco.
O arroz de cenoura e ervilhas é um bom acompanhamento e dispensa apresentações, apenas cozi a cenoura, triturei-a e juntei-a ao arroz quando já estava quase cozido com as ervilhas. Assim evita reclamações da criançada. Bjs a todas/os. Sejam felizes!

10 abril 2012

De Volta À Blogspot

Informo todos os meus leitores assíduos e os outros também, que alterei o domínio do meu site para:

http://omeutempero.blogspot.pt/

Obrigada pela compreensão.

05 abril 2012

Croutons Caseiros

Podemos fazer maravilhas com sobras de pão, seja ele qual for. Neste caso, com uma parte das sobras das sandes de camarão, fiz uns croutons rápidos. Que utilizei para compor uma salada, numa sopa e nuns ovos estrelados com bacon.

Ingredientes:
- sobras de pão de forma (ou outro)
- 1 dente de alho
- sal
- pimenta
- óregãos secos
- azeite

Preparação:
Corta-se o pão aos quadradinhos. Aquece-se uma frigideira grande e coloca-se o pão e o dente de alho esmagado ou massa de alho. Deixa-se torrar um pouco e rega-se com um fio de azeite. Envolve-se. Tempera-se de sal e pimenta e por fim os óregãos secos ou outra erva que apreciem mais. Quando o pão estiver dourado desliga-se o lume, retira-se o dente de alho e está feito.
Bjs e Boa Páscoa a todas/os. Eu andei ocupada à procura do coelho que escondeu os ovos. Não encontrei nem um, portanto considerem-me temporáriamente de beicinho.

Printfriendly

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...