31 dezembro 2014

Dourada Ao Sal E A Despedida De 2014

O último dia de 2014 quem diria... Não sei se passou depressa ou lentamente demais, apenas sei que termino mais um ano. Sinto qualquer coisa de bom em poder estrear um ano. É um sentir que posso renovar todos os desejos, apagar todos os erros e começar uma folha em branco, com tudo por fazer ou sonhar. Foi um ano difícil e até estranho, quando no meio da turbulência até aconteceram coisas boas. 2015 será o início de mais uma prova de coragem e começo o ano a fazer exames ao coração que estão guardados na gaveta a fingir que não existem. Temos de encarar a vida com determinação e estar sempre à altura de tudo de bom que nos acontece e de mau também.
Foi bom estar por aqui, aliás, foi maravilhoso poder partilhar as minhas receitas e experiências com vocês. Desejo que 2015 traga muito sucesso, novos projetos, boas perspetivas e muita saúde para todos. FELIZ 2015!

Acabar o ano com uma receita que fiz pela primeira vez é sempre especial, até porque, fiquei enamorada por esta maneira de cozinhar "ao sal". Simples e uma boa surpresa. O peixe fica muito suculento e nada salgado.


Ingredientes 3 pessoas:
- 1 dourada com 800g (sem tripa, mas com as escamas para criar uma proteção da absorção do sal)
- 1 pequeno molho de coentros frescos
- 1/4 de alho francês às rodelas (só a parte branca)
- 2 kg de sal grosso (aproximadamente)
- raspa de 1 limão
- raspa de 1 laranja
- 1 colher de sopa de tomilho seco
- 2 claras de ovo

Preparação:
Secar bem o peixe com papel absorvente. Colocar no seu interior o molho de coentros e as rodelas de alho francês. Numa taça grande misturar o sal, as raspas de limão e laranja, o tomilho e as claras de ovo. Colocar uma parte do sal no tabuleiro de ir ao forno, o peixe por cima, e cobrir bem com o restante sal sem deixar espaços abertos, pressionando bem. Levar ao forno pré-aquecido a 180º,  durante 25 minutos. Retirar do forno e deixar repousar alguns minutos para que o peixe continue a cozinhar. Partir o sal  que facilmente sai aos pedaços grandes. Servir de imediato a carne do peixe, rejeitando a pele e espinhas. Acompanhar com batatas e legumes cozidos. Bom apetite!

4 comentários:

  1. Votos de um Feliz Ano Novo, com muita Saúde, Amor e sucesso!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigada Luísa! Para ti também. Um beijinho

      Eliminar
  2. Esta forma de cozinhar peixe é tão simples e deve ser tão boa. Ha anos (não estou a exagerar!) que ando com vontade de experimentar mas o receio de não ficar como deve ser e ficar salgado faz-me sempre desistir.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olha eu adorei, fiquei super surpreendida. E vou repetir muitas mais vezes. Experimenta. bjs

      Eliminar

Comentem e critiquem à vontade. Estou aqui para partilhar e também para aprender. Apenas não serão publicados comentários sem serem assinados e desprovidos de sentido.

Printfriendly

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...