12 dezembro 2011

Eu e o Natal...

Parece que ando desaparecida…
Mas não vos sei explicar, aliás, até sei! Qualquer mulher/mãe sentirá certamente o mesmo que eu, ou não…
Desde 2005 que o natal deixou de ter a mesma importância para mim. Pois o meu filho nasceu no dia 25 de Dezembro. Escusado será dizer que estragou as combinações de almoçaradas e jantaradas da família. O malvado! Desde esse dia que todos os meus Natais são em estranha ansiedade vividos. Todos os anos sinto o mesmo. O efeito ninho, o nervoso, os receios... De repente quero arrumar tudo em casa para receber o meu rebento. Mas ele já tem quase 6 anos pois é. Mas em Dezembro eu começo a suspirar a meio do mês e só consigo parar de alívio no dia 26. Alguém me entende? É que eu fico mesmo estranha e só consigo pensar no parto, nas emoções, e agora na festa de aniversário e de como vou ter ar suficiente para encher 50 balões.
Portanto para que não notem a minha ausência nos vossos cantinhos, aqui vai já um pedido de desculpas e um grande beijinho para todas/os. Estou perdoada? Compreendem? Sentem o mesmo? Faço um beicinho? É preciso?

12 comentários:

  1. Eu aconselho-te beicinho lol
    Não te compreendo (ainda) na parte de ser mãe mas imagino esse nervoso todo miudinho e até o ar dos balões sinto aqui.
    Mas olha, boa sorte e festejem bem e com saúde!

    ResponderEliminar
  2. Amiga, já estou mais descansada!Ufa, já pensava que tinhas desistido do teu cantinho e de nós!:(
    Mas olha que tenho uma solução para ti... compra uma bomba para encher balões! Vais ver que ajuda muito e é menos uma coisa que tens de te preocupae,lol.
    O meu irmão também fazia anos no dia de natal, por isso o natal trás-me fortes recordações e nostalgia. Já não é o que era.
    Compreendo perfeitamente a tua situação e tens o meu perdão ;)

    Beijinhos e boa semana

    ResponderEliminar
  3. Carla é estranho mas acredito que sintas sempre aquele frio na barriga, o melhor é teres outro filhote que nasça noutra altura para atenuares este "problema" sempre no Natal eheheheh

    Beijinho

    ResponderEliminar
  4. Olá Carla,
    Claro que compreendemos, mas depois tens de postar aqui todas as delicias que fizeste e as decorações com os balões que tiveste de encher.
    Beijinhos e um bom inicio de semana

    ResponderEliminar
  5. Same feeling...We are soulmates!
    Não pela data de nascimento, porque os meus são de Janeiro e Julho, mas tudo o resto subscrevo.
    Beijinhos e coragem!

    ResponderEliminar
  6. Aiiiii Carla como te percebo ... Para mim so o facto de ser Natal ja me stressa imagina se um dos meus filhos nascesse nesse dia ... Ai deles !!!! :D
    Os aniversários dos nossos pequenitos deixam sempre um nervoso miudinho, e acho que acabamos sempre por nos lembrar do turbilhão de emoções que sentimos no dia em que eles nasceram :))
    ... Quanto as visitas pelos nossos cantinhos, e falo por mim , o beicinho parece-me bem ! Eh eh eh !!! Beijoquinhas e tem uma excelente semana !

    ResponderEliminar
  7. Boa sorte a encher os balões! Com muita alegria tudo se consegue!

    Beijinho.

    ResponderEliminar
  8. O Natal pra mim, se não fosse a minha pequena, já tinha perdido o encanto mesmo... Calma :)
    Até já kida
    beijo

    ResponderEliminar
  9. Como te compreendo... O meu filho não nasceu no Natal, mas sinto exactamente o mesmo antes do aniversario dele. Parece que revivo tudo outra vez, e todos os anos sinto o mesmo!
    Beijinhos!

    ResponderEliminar
  10. Olá, Carla!Compreendo-te muito bem!A minha filha faz anos no mesmo dia que eu, 21/10. Nunca mais esta data foi a mesma e engraçado também sinto alguma ansiedade nesse mês, se calhar é normal. Vais encher 50 balões?!É muito balão...Boa sorte!Ficamos aqui a aguardar-te!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  11. Foi um dia muito bonito que ele escolheu para nascer, mas já era tempo de esse stress ir passando. Aproveita bem o ar para encher balões para as festinhas do teu menino porque daqui a mais uns 5 ou 6 anos ele já não vai querer festas em casa com os pais, mas com os amigos nas pizarias e lugares afins. Temos de aproveitar bem estas fases mimosas dos nossos filhos pois passam tão rápido. O meu com 10 anos, quase a fazer 11 já tem outra mentalidade, por isso agoro quase que respiro a pequenita de três anos e tenho vontade que nunca cresça. Coisas de mãe!
    Beijinhos
    Patrícia

    ResponderEliminar
  12. OH que querida... Faz um beicinho que parece que atenua, pelo menos comigo resulta às vezes.
    Compreendo a tua ansiedade apesar de ainda não ser mãe. heh.

    Força nisso. Beijocas

    ResponderEliminar

Comentem e critiquem à vontade. Estou aqui para partilhar e também para aprender. Apenas não serão publicados comentários sem serem assinados e desprovidos de sentido.

Printfriendly

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...