04 dezembro 2019

Tagliatelle com gambão, caril e leite de coco

Na embrulhada e instabilidade que está o meu caminho atual, é preciso não desmoralizar e continuar a levar a vida com otimismo. Continuar a sorrir para que a alegria me invada e contagie também os que estão ao meu redor e se afastam porque a vida é mesmo assim. A árvore de natal está feita, sempre por ele, mas gosto de a contemplar no final e rir-me sozinha das decorações que saíram dali. Não me preocupo muito, daqui a nada tudo se desmonta e fica organizado como antes. É preciso entrar no espírito, já que o destino me brindou com um menino Jesus também, e este ano já faz 14 natais. Não me preocupo com nada material nestes dias. Só quero mesmo saber que todos estão bem e de saúde e têm trabalho, o resto são adornos como as luzes de natal.
Depois de mais um dia de instabilidade, nada me anima mais que ir para a cozinha e sentir o calor do meu fogão, cheio de panelas a borbulhar e confusão pelas bancadas. No meio da confusão ainda parti um copo de vinho e entornei parte do licor de canela que estive a terminar. São dias, dias desastrados que tudo escorrega das minhas mãos.
A massa era para ser à "Alfredo", mas saiu outra perfumada com caril e leite de coco. 


Ingredientes para 4/5 pessoas:
- 500g de tagliatelle fresco
- 300g de miolo de gambão (usei congelado)
- 200ml de leite de coco
- 1 colher de sobremesa de pó de caril
- 1 dente de alho picado
- azeite q.b.
- salsa fresca picada q.b.
- pimenta branca moída q.b.
- 1 limão

Preparação:
Levar uma frigideira grande ao lume com um fio de azeite. Adicionar o alho e refogar ligeiramente. Juntar o gambão (que deve estar meio descongelado para assim não ficar tão mole). Temperar de sal, pimenta e um pouco de sumo de limão, e assim que estiver cozinhado, retirar e reservar.

Na mesma frigideira adicionar mais um fio de azeite se necessário e colocar o caril, mexer e deixar alguns segundos para libertar o sabor. Acrescentar o leite de coco, mexer bem e deixar até fervilhar um pouco. 

Enquanto a frigideira está ao lume, cozer a massa em água fervente e temperada de sal. Escorrer, e juntar ao molho de caril, juntamente com um pouco de água da cozedura. Polvilhar com salsa e retificar os temperos se necessário.

Servir de imediato com o gambão reservado, inteiro ou partido em pedaços,  mais salsa fresca picada e gomos de limão. Bom apetite!

4 comentários:

  1. Olá Carlinha, a vida é assim mesmo com muitos obstáculos pelo caminho....
    Temos que ter inteligência e coração frio para os ultrapassar!!!!
    Óptima massinha!!!!
    Bjs.
    PG

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Paula, a vida é mesmo assim, há que seguir sempre em frente e ultrapassar tudo. Beijinho e abraço apertado.

      Eliminar
  2. Olá Carla. Que massinha boa. É verdade... Há dias assim. O meu também foi bastante agitado. Com muitas fraldas à mistura e tarefas só com uma mão. Mas mais logo também vou para a cozinha desligar-me do mundo... Como tu. Também parti um copo hoje. Ehehe. Beijinho grande. Força aí.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vida de mãe, mulher, profissional, não é fácil e ainda temos de limpar vidros ;). Bjs e outro para a fofura pequenina que anda sempre toda giraça.

      Eliminar