02 junho 2016

Polvo com broa de milho, batatas e bimis

Sobrevivi à primeira viagem de finalistas do "piolho encardido". Só eu sei a ansiedade antecipada que vivi por deixá-lo ir para tão longe. Arranjei uma série de Planos B´s, mas a verdade é que não podia condicioná-lo no fecho deste ciclo. Queria por um lado que ele não quisesse ir, mas por outro queria que ele se divertisse muito e que recordasse este dia para sempre. São as boas memórias que vamos construindo ao longo da infância que nos tornam pessoas mais equilibradas e felizes. Portanto, acionar o Plano B iria fazer de mim uma péssima mãe. E ufa, um grande ufa, pois dizem por aí que a próxima é só no 9º ano, portanto posso respirar calmamente durante mais algum tempo. Lá foi ele todo reguila, acordou mal disposto a refilar, mas depois foi um amor quando me ligou duas vezes, uma a dizer que fizeram a primeira paragem e a outra quando chegaram ao destino. Depois surpreendeu-me com um sms a meio da tarde: "as pernas estão super boas", e por momentos pensei que estivesse a falar de miúdas, mas não, eram as pernas de frango panadas no forno, um clássico que nunca falha nestes dias. Pronto mais um assunto arrumado na minha vida. Agora vamos arrumar a receita, um polvo simples que adoro fazer quando compro polvos mais pequenos e que depois de cozidos passam de um "XL" para um tamanho "s". Assim partido aos pedaços e mais uns pozinhos acaba numa travessa generosa. 
Ah, e foi a Albufeira ao Zoomarine que ele foi, caso a curiosidade tenha apertado. E sim, é bem longe de casa, e sim tinha razões para ter o coração apertadinho, escusam de me chamar dramática!


Ingredientes para 3/4 pessoas:
Para cozer o polvo:
- 1 polvo congelado com cerca de 1kg
- 1 cebola inteira
- 1 dente de alho inteiro
- 1 folha de louro
Para o restante:
- 600g de batatas para cozer
- 1 embalagem de bimis (comprei no Pingo Doce)
- azeite q.b.
- 1 folha de louro
- 1 chávena de chá de miolo de broa de milho triturada no robot de cozinha
- 2 dentes de alho picados
- 1 colher de chá rasa de pimentão doce
- sal q.b
- pimenta preta moída q.b.
- coentros frescos picados q.b.

Preparação:
Cozer o polvo ainda congelado e com um pouco de água (não é necessário muita, cerca de 1 copo grande de água), juntamente com a cebola, o alho e louro, aproximadamente 40 minutos na panela de pressão ou cerca de 10 minutos após levantar fervura. Depois de desligar o lume, deixar sair todo vapor, abrir a panela e deixar arrefecer um pouco dentro de água (o choque térmico pode enrijecer o polvo). Retirar, escorrer, cortar aos pedaços pequenos e reservar.

Lavar bem as batatas. Cozer inteiras e com a casca em água temperada de sal (cozer as batatas sempre em água fria do início). Quando estiverem cozidas mas ainda firmes, retirar, escorrer, deixar arrefecer um pouco e cortar aos cubos. 

Aproveitar a mesma água das batatas que já está quente e que deve voltar a ferver. Assim que levantar fervura adicionar os bimis (tudo o que é verde cozer com a água a ferver do início) já arranjados (cortar a ponta do pé e com o descascador de cenouras retirar a casca do pé, como se faz com os espargos). Deixar a cozer destapado para que não percam a cor verde "viçosa". Retirar assim que estiverem tenros mas ainda firmes e reservar.

Aquecer uma frigideira grande com um fio de azeite e a folha de louro. Juntar a broa de milho e deixar a dourar. A meio acrescentar o alho picado, o pimentão, temperar de sal e pimenta a gosto. Se necessário juntar mais azeite. Deixar até ficar bem dourada e estaladiça. Juntar o polvo e os coentros picados. Envolver bem e desligar o lume.

Numa travessa de ir ao forno, juntar as batatas, os bimis inteiros e o polvo alternadamente. Regar com azeite e polvilhar com mais coentros picados. Levar ao forno pré-aquecido a 180º, até aquecer e dourar. Bom apetite!

6 comentários:

  1. Coração de mãe sofre! Mesmo que eles vão só ali ao virar da esquina! Essa travessa de polvo está com um aspeto para lá de bom! beijinhos

    ResponderEliminar
  2. Se sofre...bjs e bom fim-de-semana.

    ResponderEliminar
  3. Prepara-te para quando ele chegar ao 12º ano e aí sim, loucura por todo o lado :D
    Mas tens um miúdo óptimo, que liga sem problemas para dizer o que está a fazer, e isso sim é muito bom! Quanto ao polvo, uma delícia :)
    Beijinhos ...
    Guloso qb

    ResponderEliminar
  4. Medo... Não sei se aguento. Bem, vou mas é cozinhar e assim não penso nisso ;). bjs e bom fim-de-semana.

    ResponderEliminar
  5. Humm... Que aspecto maravilhoso :)
    Beijinhos

    http://bimbysaboresdavida.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  6. Obrigada Tânia, beijinhos e bom fim-de-semana!

    ResponderEliminar

Comentem e critiquem à vontade. Estou aqui para partilhar e também para aprender. Apenas não serão publicados comentários sem serem assinados e desprovidos de sentido.

Printfriendly

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...