21 janeiro 2013

Sericaia



Todos nós temos momentos da nossa vida que sabemos que as peças não estão bem encaixadas. 
Eu sei que sou distraída, trapalhona, desastrada e vivo no mundo da Lua. Mas também sei que o tempo nunca há-de apagar isso. Sou assim, é a minha essência. Apesar disso consigo rir de mim própria com tanta trapalhice. E acredito que quem ri comigo é porque tem uma cópia da chave de mim. Os outros não me abrem a porta, lamento meus caros, têm a chave errada.
Andei aqui a vasculhar os meus pensamentos desta semana e ora vejamos... Perdi as chaves de casa durante a semana. Quase dois dias depois achei as chaves pousadas num muro, cheias de ferrugem e abandonadas propositadamente naquele sítio para que eu as encontrasse (coincidências). Sábado cortei a ponta do polegar lavando as peças da máquina de café, que por estranho que pareça, não bebo café expresso. E desde o Natal deixei de beber café solúvel durante o dia, porque descobri que me fazia mal. E claro, vingança dos Deuses, cortei-me da maneira mais improvável (coincidências). Tudo parece estranho. Hoje acordei e pensei que apetecia-me ver o arco-íris. Saio de casa e lá está ele (coincidências). Estou com a sensação que alguém ou alguma "coisa" está a dar-me sinais, mas para variar estou noutro planeta. Moral desta história confusa:
- Fiz uma sericaia pá! E comia-a toda porque me apeteceu!

Ingredientes:
- 500ml de leite
- 2 tiras de casca de limão
- 1 pau de canela
- 6 ovos separados
- 250g de açúcar branco
- 6 colheres de sopa de farinha de trigo
- canela em pó q.b

Preparação:
Ferve-se o leite com a casca de limão e o pau de canela. Numa taça coloca-se as gemas e mistura-se   gradualmente o açúcar com a vara de arames até formar um creme esbranquiçado. Acrescenta-se uma colher de farinha e envolve-se bem, depois a segunda, envolvendo novamente e depois a terceira. Depois de bem envolvido é mais fácil acrescentar as outras 3 colheres que faltam todas de uma vez. Bate-se as claras em castelo e a pouco e pouco envolve-se cuidadosamente com uma espátula no preparado das gemas. Verte-se o leite ao único preparado que ficou, mexendo bem. Volta ao lume brando até engrossar ou formar uma espécie de creme inglês e sempre sem parar de mexer. Verte-se para uma travessa de barro untada com manteiga e polvilha-se generosamente por cima com canela em pó. Vai ao forno pré-aquecido a 180º,  aproximadamente 30 minutos, dependendo do forno de cada um. Se dividirem em taças individuais o tempo diminuiu. Bjs a todos

Receita do Chefe José Avillez com excepção do uso das Ameixas de Elvas.



25 comentários:

  1. Oh Carla.... Acho que somos almas gémeas!!!! =D Se calhar somos gémeas separadas á nascença!!!! ahahahahah!!! As coincidências têm muito que se lhe diga lá isso têm! E fizeste tu se não bem comê-la toda!! Ah grande mulher!!!! =P Tem uma excelente semana!;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu sabia, eu sabia, eu sabia... Tenho uma gémea yupiiiii. Ouve lá então foste tu que me roubaste a minha chucha preferida? Foste?

      Eliminar
    2. Ela era a melhor!!!!! =D Mas por fim encontramo nos!!!! ;) " Duas vidas separadas pelo tempo"!!! É a novela da tvi!!! Vamos ser estrelas!!! :D

      Eliminar
  2. Nunca fiz, mas tem um aspecto bem guloso.
    Levei a receita.
    bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É muito simples de fazer. O mau é que se come muito bem e depois esquecemos-nos das calorias. bjs

      Eliminar
  3. A sério que a comes-te toda? Tens razão, és mesmo distraída, esqueceste-te de guardar um pouquinho para mim.
    Beijocas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Quase toda vá. Pois agora estou de consciência pesada... Perdoas-me?

      Eliminar
  4. Sericaia é um doce que eu gosto muito, e esta ficou com um aspecto excelente devia estar uma maravilha ;)

    Beijinhos,
    Joana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Estava boa, mas comi tão rápido que esqueci depressa o sabor. Mas agora que sei que é bem fácil fazer vou repetir mais vezes. beijocas

      Eliminar
  5. Amiga, se fosse como tu (magrinha) tambem faria o mesmo ecomia essa sericaia toda. A diferença é que não dizia a ninguem :-) . Aqui não há coincidenciuas :-) .

    Beijinhos querida.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Susana desculpa mas não te acho gorda e olha que eu vejo bem de óculos ehehe. Tenho abusado dos doces amiga e eu que nem ligava muito. Ai os nervos, os nervos... bjs grandes

      Eliminar
  6. Ao Carla como eu te compreendo... Sou igualzinha! Adoro sericaia e com o aspecto com que a tua ficou tambem eu a teria comido inteira, com toda a certeza! :-)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ufa ainda bem que não sou a única... bjs

      Eliminar
  7. Que delícia, ficou tão apetitosa!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Fiz o melhor que soube e lá me safei eheh. bjs para ti

      Eliminar
  8. Oh pá, se eu tivesse feito uma sericaia também a comia todinha. Aliás, é coisa que não como faz algum tempo e sei que assim que o fizer vou-me sentir teletransportada para o Alentejo...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu já fui muito feliz em terras Alentejanas, há muitos anos atrás, assim tipo em mil oitocentos e tal... Era ainda uma miúda... bjs

      Eliminar
  9. As pessoas são o que são e nunca devemos tentar mudar por causa de outras pessoas, porque se elas devem gostar de nós por aquilo que somos, e não por aquilo que elas gostariam que nós fossemos.

    Se te sentes bem é o que interessa.
    Fizeste a sericaia e fizeste muito bem, ficou perfeita e aposto que uma delicia!! :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É mesmo Diogo também acho. Podemos limar umas arestas mas a nossa essência está cá para sempre. bjs e bons cozinhados

      Eliminar
  10. Ficou linda, perfeita e uma verdadeira tentação!
    Eu também comeria uma fatia enorme!!!
    Bjs
    Paula

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ainda bem que há muitos gulosos por aqui, assim já não sou a única. bjs

      Eliminar
  11. Ai Carla ... As coincidências São tramadas mesmo!!! Compreendo-te bem :P
    De qualquer forma estiveste à altura!!! Papaste a Sericaia toda!!! E mai nada!!!! Sem medos!!! :D

    Beijos e boa semana!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Teve mesmo de ser, tinha de repor os níveis de açúcar no meio de tanto nervo eheheh. beijinhos para ti.

      Eliminar
  12. Olá, Carla. Tudo bem? Meu nome é Fernanda e estou escrevendo uma matéria sobre canela em uma revista de gastronomia, Ambrosia Gourmet. Vou colocar uma receita da sericaia. Você tem fotos do doce em alta resolução para me ceder? Eu colocaria seu crédito na foto.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Fernanda, penso que não tenho, mas mais logo ao fim do dia confirmo.

      Eliminar