01 junho 2013

Para Todas As Crianças Da Minha Vida E Do Planeta Terra


Só se sente verdadeiramente amor por todas as crianças, depois de termos as nossas. Tudo começou pelo primeiro sobrinho, e após o seu nascimento comecei a perceber o quanto as crianças são importantes. Depois nasceu a segunda sobrinha e o amor aumentou. Já amava quase todas as crianças de Portugal. À terceira e última sobrinha, já não cabia no meu peito, o amor que tanto tinha para lhes dar. A eles e a todas as outras. Depois a cereja em cima do bolo foi quando fui mãe, e aí percebi que amo verdadeiramente qualquer criança do Planeta Terra. O meu desejo é que todas as crianças sejam felizes e tenham uma vida decente e recheada de amor. Por isso não perdoo a nenhum pai que abandona os seus filhos, seja em que circunstâncias for. 

Feliz dia a todas as crianças! 
Hoje é permitido fazer traquinices!

Sem comentários:

Enviar um comentário

Comentem e critiquem à vontade. Estou aqui para partilhar e também para aprender. Apenas não serão publicados comentários sem serem assinados e desprovidos de sentido.

Printfriendly

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...