Paginas

01 abril 2020

Bolo de maçã com requeijão

O Meu Tempero

Tenho este bolinho esquecido nos rascunhos e há tanto tempo que vos mostrei nos stories do instagram. Simples e bom, e com uma textura húmida. Tive tanta preguiça que nem tirei a casca às maçãs, mas vocês se o fizerem têm de tirar ok?
Maçã, requeijão e óbvio que a canela também tinha de entrar, para ser uma combinação mais que perfeita. A Santiago deu-me a inspiração com o seu requeijão. No blogue tenho outras sugestões onde gosto de usar o requeijão, que antes era Saloio e agora Santiago, mas com a mesma qualidade de sempre, isso está garantido.

Ingredientes:
- manteiga q.b. para untar a forma
- 1 requeijão natural Santiago
- 50g de mel
- 4 ovos tamanho L (sempre à temperatura ambiente)
- 50ml de óleo de coco
- 1 colher de chá de canela em pó
- 200g de farinha de trigo Tipo 55
- 1 colher de chá de fermento químico
- 2 maçãs vermelhas médias 
- 50g de açúcar mascavado 

Preparação:
Ligar o forno nos 180º.

Untar uma  forma retangular com manteiga. Cobrir com papel vegetal e voltar a untar (untar antes de colocar o papel ajuda a mantê-lo no sítio, mas há dias que só ponho mesmo o papel vegetal, dependendo da forma que estou a usar e se é um bolo que leve mais gordura por exemplo).

Bater o requeijão com o mel. Juntar os ovos um a um e ir batendo. Adicionar depois o óleo de coco e a canela.
Peneirar a farinha com o fermento e envolver com a colher de pau no preparado anterior sem bater.

Verter a massa na forma e alisar a superfície com a espátula. Por cima alinhar as maçãs cortadas em meias-luas finas, polvilhar por fim com o açúcar mascavado que lhe dará uma crosta deliciosa.

Levar ao forno cerca de 35 a 40 minutos, fazendo o teste do palito. Desenformar e deixar arrefecer por completo numa rede. Bom apetite!

2 comentários: