25 julho 2014

Bola De Pato



Esta bola de  pato já foi feita em Junho, mas achei piada partilha-la agora, pois estou neste preciso momento (18:30) a preparar uma igual para levar comigo amanhã, para um fim de semana bem diferente. Pois é, amanhã partimos para o campismo, ao fim de muitos anos. A decisão final estava nas minhas mãos e foi ouvir aquelas alminhas: oh mãe, oh tia, oh mulher, oh irmã, vamos lá! Até à exaustão... Como quem diz, até me convencerem a dizer, o sim final. E lá vou acampar para um sítio que me trás boas recordações. Agora é esperar que a criançada torne o simples num caos, que no fundo eu adoro! 
Esta bola tem ligeiras alterações que me agradaram bastante em relação à bola de perú. Visto o caldo de cozer o pato ter bastante gordura adicionei-o em substituição do leite e cortei a manteiga na massa. Estou a poupar nos ingredientes e também na gordura adicionada.

Ingredientes:
Recheio:
- 2 pernas de pato grandes

- 1 dente de alho 
- 1 cebola 

- 1/2 de chouriço 
- 1 fatia grossa de bacon (com cerca de 1,5cm)
- sal q.b.
- grãos de pimenta q.b.

Massa:
- 500g de farinha de trigo (peneirar a farinha ajuda a que fique mais leve e arejada)
- 1/2 saqueta de fermento padeiro seco (usei Fermipan)
- 250ml de caldo de cozer o pato morno
- 1 ovo à temperatura ambiente (tamanho M)
- 2 gemas à temperatura ambiente (tamanho M)
- 1 colher de café de sal fino
- 1 gema batida para pincelar no final

Preparação:

Colocar as pernas do pato numa panela, com a cebola, o alho, o chouriço e o bacon, tudo inteiro. Temperar de sal e alguns grãos de pimenta a gosto e cobrir com água. Deixar a cozer até ficar bem tenro. Coar 250 ml de caldo e reservar para a massa. Desfiar o pato, cortar o bacon e o chouriço aos cubos pequenos e reservar para o recheio. A cebola e o alho também poderão ser usados esmagando-os com um garfo e misturados com a carne. 
Numa taça grande colocar todos os ingredientes da massa (exceto a gema para pincelar no final). Misturar bem. Polvilhar a bancada da cozinha com farinha e amassar durante 10 minutos (poderá parecer que a massa está um pouco mole, mas depois de ser colocada na bancada da cozinha polvilhada com farinha vai compensar). Formar uma bola com a massa e deixar levedar numa taça untada com azeite, tapar com um pano ou película aderente e deixar num local seco, quente e livre de correntes de ar, cerca de duas horas ou até dobrar de volume. Depois de levedada pôr a massa na bancada da cozinha já polvilhada com um pouco de farinha. Dividir em três parte iguais e com o rolo da massa estender círculos ou retângulos da medida da forma que utilizarem (usei uma forma redonda com fundo amovível de 23cm diâmetro). Forrar a forma com papel vegetal. Dispor uma placa de massa, metade do recheio, outra placa de massa, o restante recheio e terminar com a terceira placa de massa. Unir as extremidades à medida que se vai fazendo as camadas. Pincelar com gema de ovoLevar ao forno pré-aquecido a 180º,  aproximadamente 40/45 minutos. Servir frio morno ou frio! Bom fim de semana!

Nota: Ter atenção ao sal. Se colocarem muito na água de cozer o pato, devem reduzir no sal que acrescentam à massa. Se usarem ovos maiores, é ir acrescentando farinha até despejar das mãos. Se a forma for anti-aderente só coloco papel vegetal no fundo amovível.  

1 comentário:

Comentem e critiquem à vontade. Estou aqui para partilhar e também para aprender. Apenas não serão publicados comentários sem serem assinados e desprovidos de sentido.

Printfriendly

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...