27 outubro 2014

Peixinhos Da Horta Com Molho De Iogurte E Hortelã (À Minha Maneira)


Estava aqui a pensar com os meus botões, na minha rebeldia culinária. Apesar de gostar das tradições, a verdade é que passo a vida a contrariá-las. Se me apetecer comer açorda de marisco na consoada, ninguém me vai impedir. Se me apetecer festejar o halloween com papas de aveia, sem terem abóboras ou corante laranja, também ninguém me vai obrigar do contrário. E se me apetecer comer uns peixinhos da horta cortados ao meio, com um polme diferente do habitual e ainda um molho menos provável, assim o farei. Pois é assim que vejo a minha culinária. Uma mistura confusa de mim, com os ingredientes que disponho em casa, com a vontade de arriscar e mais ainda de contrariar. Gosto de ser livre e serei sempre um pássaro sem gaiola, aliás, só fico na gaiola se me deixarem sempre ser livre, ou seja, a porta sempre aberta.

Ingredientes:
- 500g de feijão verde
- óleo para fritar q.b. (usei óleo de girassol)
Para o polme:
- 150g de farinha de milho
- sal fino q.b.
- 1/2 colher de café de pimenta preta móida
- 1/2 colher de café de cominhos moídos 
- 1/2 colher de café de noz moscada moída
- 1 colher de chá de paprika
- 200ml de água tépida
Para o molho:
- 2 iogurtes naturais
- sal fino q.b.
- azeite q.b.
- pimenta moída q.b. (moinho mistura 5 pimentas)
- 2 colheres de sopa de hortelã fresca picada
- algumas gotas de limão

Preparação:
Arranjar o feijão verde cortando as pontas e o fio lateral de ambos os lados. Cortar o feijão ao meio no sentido horizontal e depois no sentido longitudinal.Colocar em água a ferver temperada de sal e deixar sem tampa, até ficarem tenros, mas ainda firmes. Escorrer bem.  Para o polme, peneirar para uma taça larga todos os ingredientes secos e misturar bem. Adicionar a água e mexer com a vara de arames até estar tudo bem ligado. Numa frigideira aquecer o óleo até estar bem quente. Passar o feijão verde pelo polme e fritar em pequenos montinhos. Fazer poucos de cada vez para não arrefecer o óleo. Escorrer em papel absorvente. Para o molho de iogurte basta misturar bem todos os ingredientes. Servir os peixinhos da horta acabados de fazer e acompanhar com o molho. Bom apetite! Atrevam-se a experimentar.

10 comentários:

  1. Há anos que não como e gosto tanto.
    Gostei do teu polme e achei o molho uma delicia
    Seriam muito bem vindos para o jantar
    Boa semana
    bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É um petisco simples mas bem bom, para matar saudades dos peixinhos da horta da minha mãe, mas estes à minha maneira, claro está. Boa semana também para ti

      Eliminar
  2. Olá

    Que palavras bonitas as introdutórias.
    Quanto á receita, o meu sogro adora isso. Talvez um dia venha ler a receita com intenção da a fazer. ;)

    Beijoka grande.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu sei que não gostas de fritos, mas olha que às vezes sabem bem. Beijocas aos três.

      Eliminar
  3. Gostei imenso da tua sugestão, é um petisco bem a meu gosto!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Temos de andar sempre a inventar para fazer petiscos diferentes dos que costumamos fazer. Eu gostei e vou repetir. Beijocas.

      Eliminar
  4. que bela sugestão!
    Beijinhos,
    http://sudelicia.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  5. Uma boa proposta, a farinha de milho para o polme.E esse molho de iogurte também é uma boa sugestão!
    Helena
    http://cookingbooksblog.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigada Helena. Gosto volta e meia de variar nos polmes e nas suas texturas.

      Eliminar

Comentem e critiquem à vontade. Estou aqui para partilhar e também para aprender. Apenas não serão publicados comentários sem serem assinados e desprovidos de sentido.

Printfriendly

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...