24 fevereiro 2014

Caril De Peixe Gato Com Arroz Basmati

Peixe gato não é assim um peixe que eu morra de amores. Mas para compensar alguns gastos neste mês, lá decidi comprar uns ingredientes mais em conta, e este estava em promoção, o que era mais uma vantagem. Fazê-lo num caril era também uma boa opção. Gosto de fazer o caril sempre com as mesmas especiarias, mas há que variar, e desta vez usei tomate e alho fresco, reduzi a quantidade do leite de coco e rúcula para decorar.

Ingredientes para 4 pessoas: 
- 4 filetes de peixe gato (usei congelados) cortados aos pedaços
- 1 cebola grande picada
- 2 dentes de alho picado
- 1 colher de chá de coentros em pó
- 1 colher de chá de salsa seca
- 1 colher de chá de cominhos em pó
- 1  1/2 colher de chá de açafrão das Indias
- 1 colher de café de pimenta preta em pó
- 1 colher de chá de sementes de funcho
- 1 colher de chá de grãos de coentros
- 4 tomates rama pequenos picados
- 2 colheres de sopa de polpa de tomate
- 100 ml de leite de coco
- 2 colheres de sopa de coentros frescos picados 
- rúcula para decorar
- 1 chávena grande de arroz basmati
- 2 chávenas de água
- sal q.b.
- azeite q.b.

Preparação:
Num tacho, colocar um fio de azeite e refogar a cebola e o alho. Adicionar os coentros em pó, a salsa seca, os cominhos, o açafrão das Índias, a pimenta, as sementes de funcho, os grãos de coentros e envolver durante cerca de 1 minuto para libertarem o sabor, sempre em lume brando só nesta fase, e se secar muito adicionar 1 a 2 colheres de sopa de água. Acrescentar o tomate e a polpa de tomate e deixar cozinhar com tampa até reduzir e ficar bem macio. Adicionar o peixe, temperar de sal, e quando começar a ficar com uma cor opaca, adicionar o leite de coco e deixar apurar (tapado para criar vapor e fazer "molho"). Retirar do lume e juntar os coentros frescos.
Para o arroz basmati, utilizar o método de absorção, e para isso basta colocar num tacho 1 chavéna de arroz e 2 de água (se colocarem quente é mais rápido), sal q.b., tapar e deixar em lume médio até absorver toda água e formar uns buracos. Apagar o lume, adicionar um fio de azeite (opcional) e separar os grãos com um garfo. Servir o caril quente, decorado com rúcula e acompanhar com o arroz. Boa semana!

9 comentários:

  1. Eu gosto de peixe gato! Vou anotar esta receita, parece ser excelente!
    Beijinhos*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Fica muito saboroso, para quem aprecia caril como eu. bjs

      Eliminar
  2. Compre duas vezes e achei muito mole .
    Gostei muito do aspecto,deve ter ficado tão bom!
    Ando com muita vontade de comer caril
    bj

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É de facto um peixe com uma textura diferente do que estamos aqui habituados em casa. Já fiz panado e sempre disfarça. No caril também fica bom, pois com as especiarias e o cheirinho que emana, até nos esquecemos do peixe. E é muito económico. bjs

      Eliminar
  3. Com os sabores do caril a textura do peixe deve ficar bem disfarçado... que bom aspeto, Carla!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  4. que bela sugestão! Ficou um pratinho lindo!
    Beijinhos,
    http://sudelicia.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  5. Pode vir a ser o jantar da casa... :P

    ResponderEliminar

Comentem e critiquem à vontade. Estou aqui para partilhar e também para aprender. Apenas não serão publicados comentários sem serem assinados e desprovidos de sentido.

Printfriendly

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...