21 Outubro 2014

Pão Doce Com Sementes, Tâmaras E Avelãs


Eu tinha um sonho. Um sonho que demorou 4 anos a estruturar-se na minha cabeça. Um sonho em que incluí outra pessoa, para que juntas fizéssemos um trabalho inesquecível e memorável. Um sonho que começou a materializar-se assim que pensei nele mais a fundo e tomei medidas para tal, e na hora que estava prestes a dedicar-me a 100%, levei um valente chuto no rabo. E mais uma vez descobri por mim própria, que não devemos incluir ninguém nos nossos sonhos. Devemos estar sempre por nossa conta e assim limitar os nossos objetivos a par das nossas próprias limitações para os concretizarmos.
Hoje estou de luto. Hoje chorarei um rio por este sonho demorado e inacabado. Hoje enterrarei um passado de 4 anos a trabalhar para esse sonho. Hoje vesti-me de uma cor improvável e com brincos a condizer. Hoje mudei de óculos, para uns que estavam  guardados no fundo da gaveta e que nunca uso. Hoje mudei de mala, para aquela velhinha oferecida por uma pessoa especial. Hoje carreguei a maquilhagem, para que ninguém descobrisse por fora, a dor que trago por dentro. Hoje o meu silêncio grita tão alto, que não ouço mais nada nem ninguém. Hoje chorarei escondida, embrulhada nesta deceção que trago no peito. Hoje enterro finalmente este sonho de uma vez por todas. Este sonho que pateticamente incluí outro alguém. Mesmo assim, esse alguém não ouviu da minha boca, o tamanho da minha desilusão. Hoje olhei-me ao espelho e já não vejo o rosto de menina ingénua que tanto me caracterizava.  Hoje não apanharei os cacos deste meu coração estilhaçado. Hoje tomei a decisão definitiva que não volto a acreditar. Acabou. Amanhã sacudirei o pó das minhas mãos e voltarei a sonhar com este objetivo e desta vez não incluirei ninguém.

Mais logo a receita...


20 Outubro 2014

Lombos De Pescada Com Crosta De Broa De Milho E Bacon E Grelos De Nabo Salteados Com Migas De Broa E Bacon


Quando deixei na passada sexta-feira, os lombos de pescada a descongelar no frigorífico durante o dia, não fazia a mínima ideia de como eles iriam parar ao prato à noite. É por isso que eu nunca me darei bem com listas de menus semanais. Já tentei, mas sinceramente, comigo não funciona, pois sinto-me presa, e estar presa é coisa para me deixar muito angustiada. Gosto de ir ao sabor do vento, e as poucas vezes que fiz a lista contrariei-a sempre, assim numa espécie de "quem manda sou eu pá", e isto apesar da lista ter sido elaborada por mim. Portanto, foi ao sabor do vento, que decidi usar o que havia lá por casa. Sobras de broa de milho e bacon, e grelos de nabo no congelador.  E assim começamos a semana.

Ingredientes para 4 pessoas:
- 400g de lombos de pescada congelados
- 800g de grelos de nabo congelados
- 1 fatia grossa de broa de milho
- 75g de bacon às tiras pequenas (ou fatias inteiras)
- 2 colheres de sopa de colheres frescos picados
- 1 dente de alho
- sal q.b.
- pimenta moida q.b. (usei moinho mistura de várias pimentas)
- azeite q.b.

Preparação:
Depois de descongelados e bem escorridos, colocar os lombos na travessa de ir ao forno, temperar com sal e pimenta.
Numa frigideira grande, levar o bacon a tostar sem adicionar qualquer gordura e deixar a escorrer em papel absorvente.
No robot de cozinha, colocar a broa partida aos pedaços, o bacon já tostado, os coentros e o dente de alho, e triturar até ficar em migalhas generosas.
Colocar uma camada do preparado anterior em cada lombo de pescada, pressionar e regar com um fio de azeite cuidadosamente. Levar ao forno pré-aquecido a 180º, aproximadamente 20/25 minutos.
Na mesma frigideira adicionar um fio de azeite e levar o preparado da broa que sobrou a dourar um pouco. Para de seguida adicionar os grelos descongelados e escorridos, e saltear até ficarem tenros. Retificar o tempero de sal e pimenta. Servir os grelos com os lombos de pescada. Boa semana!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...